sábado, fevereiro 10, 2007

VIVA O CARNAVAL DA BAHIA


Av. Sete a nata da sociedade - Os marezeiros - Pça Castro Alves, a nata...

Ópera Bufa do Carnaval de Salvador

Gatos nas panelas
Tamborins exaltados.
Fome na boca da miséria
Gatos escalpelados...

Na maré,
os marezeiros colocam o bloco na rua.
Lá vai o bloco dos miseráveis desfilando
pela passarela da ponte Santo Antonio!
Explode o som do serviço de alto-falante
“Eu sou o carnaval em cada esquina...”
Caretas feitas de sacos de alinhassem,
pano de chita enfeitando as meninas.
Nas pontes, não há batalhas de confetes.
Jornais velhos como serpentinas,
serpenteiam tristezas e pneumonias!
Nesse bloco não tem cordas
e não tem as cores da cidade
é um amontoado de sofrimentos
fazendo festa sem instrumentos...
Farrapos de mortalhas como fantasias,
no enredo desfilam: fome, asma e cirrose
meningite, pneumonia e tuberculose...
No porta-estandarte,
dona morte requebra cheia de alegria
sob a pele de barrigas vazias!
Enquanto no outro lado da cidade,
dona esperança pula cheia de alegorias!
No porta estandarte,
desfilam: saúde, escolas e educação,
teatro, lazer e boa alimentação!
Do Campo Grande à praça Castro Alves,
batalha de confetes, pierrôs e colombinas,
lança-perfume, cervejas e serpentinas.
Dentro das cordas,
o trio detona o som: “atrás do trio elétrico
só não vai quem já morreu...”
Requebram quadris bonitos e malhados.
A nata da sociedade em plena felicidade,
desce a Avenida Sete com os desejos aflorados...

Na maré, segue o carnaval...
Crianças caras-pálidas,
botam o bloco nas pontes.
Pintam os rostos de índios
e de cuias nas mãos,
os vinténs serão bem vindos!

Nas pontes, o sol chega vestido de arlequim,
espia da esquina e bate uma no botequim.
A lua aparece vestida de colombina,
ela requebra, ele se agarra à sua cintura,
beijam-se e vão desfilar no mar de Amaralina...

O Sibarita

5 comentários:

Jofre Alves disse...

Na década de 1970, quando vivi no Rio de Janeiro, assisti ao Carnaval carioca por diversas vezes, mas infelizmente nunca fui à Bahia, nem tão pouco para ver o Carnaval. Da Bahia, o conehcimento através da obra do grande escritor Jorge Amado. Bom Carnaval e óptimo fim-de-semana.

Kalinka disse...

...e o Carnaval está quase chegando...


São momentos assim, que nos mostram que o mundo é realmente pequeno e grande ao mesmo tempo...

Obrigado pelas tuas visitas.

Bom início de semana.
Beijo.

Estrela do mar disse...

...deve ser muito bonito o Carnaval aí no Brasil...eu em adolescente ia todas as noites com o meu grupinho ao baile de máscaras...hum...tenho saudades desse tempo...agora já não ligo quase nada:(...mas continuo a vibrar com as musicas brasileiras carnavalescas...



Jinhossssssss e boa semana

Menina do Rio disse...

Eita!!!!! O frevo ta rolando solto na Bahia, oxente!!!!

Vim deixar um beijo com gosto de carnaval....

Cuida-te!!!!

Ghiza Rocha disse...

Tô falando que uma hora canso do Sul e vou pra Bahia e me jogo de vez!