segunda-feira, julho 14, 2014

GUACHE

Guache

Afrodite, pelo ciúme na paixão resguardada
Neste templo de seixo: o silêncio e o sossego.
Íntimo, meigo e profano, recurva acentuada,
Derrapagem, o amor germina e pede arrego...

Jejua o tempo amante da aurora inconstante,
Bentas noites jorrando tempestades e agonias.
Ao ar arejado, Adônis te namora nos instantes,
Nos teus olhos, lábios e batom: paz, sol e dia...

Porém, trago manhãs nascentes no meu olhar
Quando vejo passar-te pela fria madrugada nua.
E sobre a paisagem da noite a lua vem me beijar
Rolando sensual, quente como uma carícia tua...

Em ares salutares lavados, finos e propensos
Dos desejos sem conflitos na simetria da flor.
Afogadas paisagens/paragens do peito tenso
Com sinal de lirismo na cruz do nosso amor...

Que a vontade aborda, transmite todo resíduo,
Templo, becos e vielas. Guache na tela coração.
Xilografia, grafite, pintura em rosário fundido,
Aquarela, oleogravura da Via-Sacra da paixão...

Bendigamos a segunda estação, alivio das almas,
Salvação do céu moribundo, cruz e ressurreição.
Benfazeja à sombra, o lume da candeia acalma,
Oremos, ora-pro-nobis, o amor por intercessão...

O Sibarita

SE LIGUE NA HUMAITÁ WEB RÁDIO, A GOSTOSA!
www.radiohumaita.com.br

7 comentários:

Paula Barros disse...

Menino, arrasou!!!
Não canso de ler.
beijo

São disse...

Percorrer a Via-Sacra das manhãs nascentes do teu olhar deverá ser um vivência inesquecível...

Abraço enorme, meu querido Poeta !

Vanuza Pantaleão disse...

Siba, meu Poeta romântico-barroco e, como baiano és e sempre o será, transgressor eterno dos velhos e mofados modelos da portuguesa linguagem permanecerás.Adorarei sempre tua verve poética.
Ah, quer dizer que andaste por aí te exibindo de vestes verde-amarela?[risos] Um novo dia, uma nova copa nascerá, não te entristeças tanto assim...
Amigo, gosto muito de te receber e te abraçar, obrigada, viu? E mais um beijinho pra completar...

Bandys disse...

É moço,
depois desse atropelamento do Brasil, nos resta voltar pros nossos blogues e escrever com a alma.
è assim que sinto teus textos.
E mais do que isso ter o alivio das almas.

Beijos

Claudinha ੴ disse...

Eita que o homi hoje está para as artes plásticas! Esta tela que se pinta diante de nossos olhos, nos mostra um amor na intercessão das linhas do desejo... Uai... O homi tá que tá! Parabéns! Beijos.

ॐ Shirley ॐ disse...

Tantas imagens rolam pela mente ao ler seu inspirado poema...
Querido Sibarita, beijos!

Olhos de mel disse...

Maravilha chegar aqui e ver tanta coisa bonita cheia de vida, luz e calor...
Mais uma poesia encantadora, como é sua marca registrada, Siba
Beijos