sexta-feira, setembro 21, 2007

REVERSO

Reverso
Ai! Um cenário de ânsias e fossa arquejante...
Sei lá! Agora, em mim, esse silêncio abismo
E no céu azul essa lua de fogo tão passante
De alma em fuga respirando atalhos, cismo!

Perscruto os teus acenos, cadê? Apalpo o escuro,
Medito, cogito e indago: tens alma? Ai os dias!
Em que se afogam meus desejos no céu obscuro
Dessa ausência de ti em sombras e melancolias...

Mas, a vida passa e o fogo desta tua chama acesa
Em formas e cores clareia o tempo, o crepúsculo.
Aqui estou! Contigo e comigo a última centelha...

No imo, os destinos travados, eu sorvo o sonhar
Em águas de redemoinho no rio da tua margem
Que faz tempo em ti correndo bosques aqui, acolá...
O Sibarita
Ouça a Sibarita Web Rádio
Gosta de vídeos? Só a Sibarita tem! Se ligue!
Caro leitor, o filme desta semana é " ÁTIMO", excelente!
Ficção De Romeu di Sessa 1997 30 min com Lui Strassburger, Mayara Magri
Um amor que vence o tempo e a distância, desafiando até a força da História.
Se você ainda sente falta de uma antiga paixão ou da saudosa Mayara Magri,
emocione-se conosco!

15 comentários:

Maria disse...

Oi Sibarita

Parabéns por mais este soneto reverso tão lindo....
Por mim, a lua de fogo é ficante! Creio que é uma questão de cumplicidade....

Beijo para painho que espero continue bem
Beijo e bom fim de semana, Sibarita

Mandy disse...

Siba, confesso que também ando super sumida... E mudei o lay, viu? Vê se as letras estão num tamanho bacana... Qualquer coisa me avisa, viu?

Quanto ao poema... Exprime um pouco das inquietações que sinto por hora. SIM, isso tem a ver com o meu sumiço! hehehehehe

Beijo!

Alexandre disse...

Mais um soneto cheio de subtileza, sublime...

Um forte abraço!!! Boa Primavera aí no Brasil!!!

pessoa nenhuma disse...

desculpa a minha ausência..tenho andado muito ocupada...
gostei da imagem de dali.
voltarei com a disponibilidade merecida...um beijo grande de quem te esquece

keila, a Loba disse...

Sua inspiração é de uma sutil e poética energia, Sibarita.

Com saudades de você, vim vê-lo e senti-lo.

BeijUivoooooooooosssssssss da Loba

Claudinha disse...

Sorver os sonhos, coisa que mais gosto de fazer... Lindo poema! Beijos!

Déa disse...

Menino, fico retada quando enho por aqui,por causa d aminha conexão. Como fica a cada dia que passa mais lentíssima, não consigo mais assistir aos filmes... Beijos

Nara Senna disse...

Olá, meu amigo Sibarita...
Desejo boa semana pra ti.

É, sou bicho mesmo, daqueles bem selvagens e que rosnam ao ter a mínima noção de perigo...kkkk...
Mas tb sou compreensiva, meiga e doce qdo posso. Mas tudo na dosagem certa, né? Senão vira bagunça!

Se vc me perguntar o que mais preservo hj, é a minha vontade. Porque isso vem de mim, sabe? Atitudes, idéias podem ser copiadas. Mas vontades não.

Principalmente porque faço parte de um dos signos mais personalizados do zodíaco, Aquário.

Então, meu nego, por que não seguir o que acreditamos? Por que abaixarmos a cabeça qdo o mundo precisa de atitude?

Bjão, meu Sibarita.

Bruxinhachellot disse...

Uma ausência que marca e angustia, mas que pela sua nostalgia nos embala de emoções conflitantes.

Beijos bailantes.

Leticia Gabian disse...

Meu cumpadi, sonhar em águas de redemoinho no rio da margem do outro é, no mínimo, fascinante.

Um beijo grande, seo moço!

Sol da meia noite disse...

Por aqui passei e gostei do modo como consegues traduzir em palavras uma tamanha nostalgia provocada pela ausência...
Acredita que é um Dom que tens!

Deixo um beijinho!!!

ediney disse...

"silêncio abismo"
imagem alucinada

♥≈Nღdir≈♥ disse...

Continuo em recuperação da cirurgia que sofri, mas mais calma agora que regressei a casa após ter estado 2 semanas ausente.
Ainda me encontro um pouco atordoada, mas aos poucos vou regressando, hoje ao retornar ainda me fogem as palavras… por isso desejo apenas um bom fim de semana
••. ¸.♥ Beijos ♥ ¸.• ♥≈Nღdir≈♥

Renata Belmonte disse...

Siba,
Abandonou meu blog? Não aceito isso não, viu?
Grande abraço,
Renata

Juℓi Ribeiro disse...

Belíssimo soneto!

"a vida passa e o fogo desta tua chama acesa
Em formas e cores clareia o tempo, o crepúsculo"
VERSOS MARAVILHOSOS.
Beijo.

OBS:Vou fazer minhas as palavras da Renata Belmonte.