domingo, janeiro 05, 2014

QUEIXUMES

Queixumes
 
...Até que te decidas
e, por tua queixa oculta,
o presente que precisas,
eu sou a tua escuta...
 
Ditosa, sonhando céus, vens de lua despida,
Silhueta devorante, libertina, tão bem assim.
Estrela encarnada, ao amor, fostes escolhida
É que teu bálsamo de luar perfumou a mim...
 
Ocultas-me o coração e no íntimo, acanhada
Ansiedade alucinatória dos intensos desejos.
Pelo brilho no teu seio a arejada madrugada,
Ocaso, veneno rubro, quente dos teus beijos...
 
Tudo que vem do amor é querer e se devora
O pensamento constrói a fábula que abrolhas.
Pela aurora dos dias quando meu olhar aflora
O imaginário e fantasia de ti fazem histórias...
 
As noites do teu brilho no meio da luz louca,
Delícias são dos teus lábios, o melaço em flor
Servido do carmim da tua boca à minha boca
Em prazer e gozos, vinho bento do teu amor...
 
Assim, para o meu sonho, para o teu sonho
Depois do sol, à noite, o brilho da lua densa.
Meu olhar: manhãs do teu coração risonho,
As palavras, as coisas, são belas, intensas...
 
Também dos corações onde abotoam
A paixão e ao teu rosto estampasse.
Os sonhos, um por um, ligeiros voam,
Ao que clamas e ruges nos impasses...
 
O Sibarita
 
FIQUE NA BOA COMPANHIA DA HUMAITÁ WEB RÁDIO!
 

10 comentários:

Olhos de mel disse...

Ai Siba; que delícia começar o ano lendo sua poesia!
Ela traz em seus versos, as cores do amor,
as luz e o sabor do desejo, cheios de magia...
Bom domingo! Beijos

Paula Barros disse...

Falas de amor com uma beleza incrível, permeia o amor, o desejo, o carinho, a ternura, o cuidado.
abraço, e um bom ano, de muitas realizações.

São disse...

Uma maravilha começar 2014 lendo tua deliciosa poesia, meu amigo...

Bons sonhos, rrss

Bandys disse...

Ola Sr. Siba,

Delicias é???

Então começou o ano bem, meu amigo, hahahahaah. Nada de queixumes.

Espero que tenhamos varias delicias aqui nesse blog que canta e encanta.

Beijos cariocais, haahahah

LUZ disse...

Olá, Nélson!

Como está?

Em Portugal chuva e muito frio. No seu pais, precisamente o contrário, se bem que, e segundo o que escutei na TV, choveu por aí, também.

Mais um sensual, sentido e "queixoso" poema, onde seu eu-lírico se espraia, de forma muito caliente e até paciente.

Então, sua "amada" é acanhada, é?
Bem, tem de lhe transmitir confiança, e fazer com que ela acredite naquilo que você lhe diz/escreve.

É que 31 de boca e canção de embalar, todo o homem sabe fazer, ó se sabe, e pode fazer até para um harém, mas há sempre a "eleita", a tal que se mostra um pouco tímida, mesmo gostando de quem tanto lhe diz que a quer. É preciso afirmação, verdade e demonstração, para que "seus" queixumes desapareçam e ela mostre seus sentimentos, de uma vez por todas.

Dias felizes.

Abraço, sem queixumes.

Kátia disse...

"Tudo que vem do amor é querer e se devora..."

Marminino!Eita que a negona inspirou mesmo hein esse menino?

E a Lavagem do Bonfim?Está preparado?miseravão!kkkkkk

Eu não vou não,posso não,meu trabalho não deixa não.kkkkkkkkkk

Gostei da 'quentura' do poema.Eta que 2014 já começou retado,assim é bom né não?

;-)


Claudinha ੴ disse...

Que belo poema (aliás, como sempre!), Siba!
A princípio pensei que a musa era a lua, pensei que era a sua amada, mas só entendi que não no final.
Ah, esta sua musa precisa se decidir a tempo, heim?
Um beijo!

Minha vida de campo disse...

Olá guri tudo bem?
Linda sua poesia, um queixa apaixonante. Lendo tuas lindas poesia me torno um pouco mais romântica, saio da loucura do capitalismo.
Desejo a você e sua família abençoada tenha um excelente 2014 com muito amor, paz, saúde, realizações, alegria, prosperidade muitas felicidades.

Kátia disse...

Oxente esse menino,tomou chá de se pique foi?Ou se perdeu na lavagem do Bonfim?E Zé Lalado?óia sei não vúh,mas D.menina aquela tal de Corina deixou uma música tocando lá na casa e fica falando aos 4 ventos que é dela e de Zé Lalado.Eu nem quero ver a zorra que vai dar isso.Já vou separando o cipó 'cabôco' que na hora da presepada o couro vai 'cumê sartiado',vixeeee simbora esse menino antes que ela se rete e aí Zé Lalado tá lenhado!Ói,abri o gás!
Beijos!
=)

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Mais belo poema que acabei de ler, é um prazer imenso sentir as suas palavras.

Um beijinho com carinho
Sonhadora