segunda-feira, abril 13, 2009

MUNDANO

Mundano

Ai Deus! Hoje, agora, retorno purificado.
Depois de quarenta dias de penitencias,
Ressurjo na via sacra em desejos enjaulados
Reféns dos gozos em plena abstinência...

Mas, há um fogo que dança nas chamas
Das donas moças na explosão do sexo...
Eu estou livre, leve e solto. A fila anda
E, na flor da menina o melaço dos nexos...

Jorrando no púbis da relva oxigenada vencida.
Quero a delícia da lua, quero o encanto do céu
Das donzelas noturnas seguindo a vida na lida.
-No silêncio da Cruz, os uis e ais ressoam ao léu...

Evoé! Faminto, atiro-me de volta ao mundano
Naqueles sóis de girassóis abertos na fartura
Sob o bel-prazer na vidraça dos dias profanos.
-O sexo explode, gemem as deusas nas alturas.

Tudo desabrocha nos suspiros em desejos, decolo.
Eu não sou dono de mim e afim não há o que resistir
Entrego-me às piriguetes. Ôie! Deito, rolo e embolo.
-Nas grutas púrpuras os gozos, assim, bem assim...

Valha-me Deus!
Uma lua em meio à profanação, reza...

O Sibarita

Caro leitor, por dever de oficio, estive viajando desde a semana passada a trabalho, retornando hoje, peço DESCULPAS por não ter ido aos blogs desejar uma FELIZ PÁSCOA, o que faço agora, ainda que atrasado. OBRIGADO à todos que aqui vieram.




18 comentários:

Avassaladora disse...

Depois de tanta penitencia, lá vem vc e detona tudo com um poema assim...rsrsrs
Que Deus tenha piedade de nossas almas!


Fio, carinho e saudade!


Beijos!

Corações & Segredos disse...

Não sei se te guardo ou se te perco.
SAUDADES!
Beijinhus

Bandys disse...

Fez penitencia e agora vem com tudo.
Santo Cristo!! Eu que diga valha-me Deus.
Toma juízo homi!! rsrsrs

Siba, agradeço a força sempre que recebo de sua pessoa e aproveito pra dizer que esta tudo correndo bem.

Um enorme beijo e que Deus te proteja!

Pena disse...

O meu talentoso, sensível e brilhante Amigo, fascina as donzelas de eterna e mágica pureza e beleza.
Todas elas. Lindas.
Um poema de maravilhar...

Abraço amigo de respeito pela sua gigantesca significação de poeta genial, fabuloso...
Com sinceridade...

pena

É um ser humano admirável, amigo.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Sibarita, homi, toda vez que você aparece, o sorriso é certeiro no meu rosto. Ontem era Jota Cê e eu, rindo dos seus comentários e felizes por ter encontrado um ser humano tão de bem com a vida. É, felicidade de verdade é sentida de verdade. Fiquei tão feliz em saber que tem 35 anos de casado, de amigamento, de chamego... casamento que dura todo esse tempo e ainda carrega o amor dentro dos lençóis é abençoado. Bacana demais, essa vontade de fazer feliz a quem se ama, ainda mais quando você vira "Reféns dos gozos em plena abstinência...". Seus textos mostram um Sibarita que além de um grande poeta, é um enorme brincalhão com as palavras que nos emocionam.

Muito axé.

=]

Rebeca

-

P.s.: Esse é o meu comentário, Jota Cê vem já...rs

-

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Sua poesia em cada palavra sua ganha verdades imensas.O ritmo, as palavras.É fantástico!
Tenho novidades.
Uma ótima semana para você.
beijosssssssssssss

Simples Assim... disse...

Uma coisa eu percebi (já que não sou assim tãoooo lesada). Há no seu poema o profano e o divino. Uma coisa eu não sei distinguir bem ao certo (já que não sou assim tãoooo ortodoxa, na verdade, quase nada... rs). O que é divino e o que é profano? Se essa incapacidade de distinguir um do outro me surpreende? Não !!! O nome do seu post é "Mundano", o ser que pertence ao mundo. O nome não é "mundano", o antônimo de espiritual. Ah, não foi o que vc quis dizer??? Tudo bem, dizem que o texto é de autoria tanto do leitor quanto do escritor. Mas voltando ao assunto... O "meu" Mundano é aquele que pertence ao mundo, e, que por sua natureza transitória, fica sempre a formular teorias sobre de onde veio, pra onde vai, vivendo, portanto, entre a terra e o céu, entre os desejos de homem e as aspirações dos deuses. O mundano que pensa no Espírito Santo num puteiro e cobiça a mulher do próximo enquanto assiste a missa do domingo. O ser que é a extensão de Deus, mas que não sabe bem ao certo nem quem ele é e, portanto, não pode ter certeza sobre seu Criador, mas que, ainda sim, acredita, tem fé.

Enfim... melhor parar senão vc sobe a plaquinha "Cale-se !!!!!"... rs... rs

Bom, adorei o texto. Deu pra perceber, né? Bjs !!!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Caro amigo, são dez meses e pela eternidade desse amor, que é infinito, ela e eu, iremos comemorar todas as bodas.

Olha, não estou economizando nada e já disse pra ela que sou um pé-rapado, de primeira, sem eira nem beira, mas que minha humilde rede já é dela. Eu levo puxão de orelha por tanta coisa, que nem sei quando é por não pensar no futuro.

Estou vendo quem são os sessentões da história. Caramba, tudo isso já de agarramento com a sua negona? Achar alguém que sossegue junto com a gente é bom demais, né não?

Mas é assim mesmo, faz a gente ficar gamado e depois já era, só na coleira. Pelo visto a sua negona aprendeu a arte do ciúme na mesma escola da minha loira, e haja confusão por conta disso. hahahahaha

Agradeço pelos votos de felicidade, agradeço mesmo. Apesar de não entender metade das coisas que você escreve, você é gente fina! hahahahhahahaha

Onça é o que? hahahahhahaha

A páscoa foi boa e claro que passei com Rebeca. Aquela ali gruda e pra desgrudar só mesmo com água fria. hahahahahahaha

Se eu fico fora 10 diz, a loira me esfola vivo. No começo tudo são flores, tá vendo? hahahahahhaa

É Dom, tem gente que é muito invejoso com o amor que vê em outras pessoas e esse povo faz questão de deixar estampado na cara a sua própria insatisfação. Tenho pena desses cegos de meia tigela... hahahahahaha

Eu tento filosofar de vez em quando. hahahahhaha
Mas assim, um ciuminho meu até que rola, só que ela é danada e vira a mesa, sabe como?

Abraço.

Até mais.

Jota Cê

-

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Já ia me esquecendo.

A fila anda enquanto as flores desabrocham diante dos nossos olhos famintos. Minha nossa, Sibarita, a negona leu essa sua reza braba? hahahhahahahaha

Abraço.

Até!

Jota Cê

-

Olhos de mel disse...

Querido Siba, como admiradora das tuas poesias eufóricas, posso dizer que esse é o momento em que a vida aflora e exala o perfume do prazer de viver. Talvez nem tudo saia conforme desejamos, mas a diferença entre o desejo e a realização, é uma tentativa a mais.
Adorei, viu? Beijos

Deusa Odoyá disse...

Olá meu amigo.
Lhe desejo uma semana de muita paz, amor e luz.
Beijos e muita saúde a painho.
Concordo com minha amiga olhos de mel.
Uma semana abençoada por Deus para vcs.
Regina Coeli.

Claudinha ੴ disse...

Lua profana, amor transbordando, lindo poema! Que sua Páscoa tenha sido feliz, meu amigo!
Beijo!

Maria disse...

Sibarita

eu luso-baiana já nem lhe comentar, viu fio?
é tanto quantão aqui e acolá que eu nem sei o que fazer... se calhar vou mergulhar na bahia de todos os santos, vem?

:))))

beijos

Peter Pan disse...

Talentoso Poeta Amigo:
VOCÊ maravilha. Encanta.
Quanta beleza, pureza e sensatez num poema repleto de fascínio.
Parabéns sinceros.
Com enorme respeito, abraço Grande.

p.p./Pena

Bem-Haja, amigo extraordinário!

Desnuda disse...

Nossa mininooooooooo! Que beleza... Depois da calmaria os revoltos desejos da carne.


Beijos

Simples Assim... disse...

rs... rs... Ando mesmo contando mais estrelas que palavras. Às vezes isso acontece, tiro um tempo pra digerir tudo que vejo dentro e fora de mim, daí depois já viu, né? Os textos vêm aos montes. Tipo o espirro que fica dando avisos, mas não vem, parece que está preso em algum lugar, até que sai com a intensidade de quem precisou fazer força pra se libertar. Mas ontem levantei da rede e postei alguma coisa... rs.

Aconteceu uma coisa curiosa quando passei por aqui da primeira vez, que aliás se repetiu agora. Seu blog tem mesmo a cara da Bahia. Nesse ano estive algumas vezes em Salvador e aqui pude rever imagens e palavras que são literalmente a cara da cidade. Mas, foi só bater o olho na sua imagem de exibição que me veio à cabeça uma música chamada "Conversa de Botequim" do Noel Rosa, que por sua vez é a cara do Rio. Mas sabe do que mais? Lendo alguns de seus posts essa primeira impressão foi reforçada.

É, meu querido baiano, vc também é a cara do Rio... rs... Bjs !!!

Simples Assim... disse...

rs... rs... Ando mesmo contando mais estrelas que palavras. Às vezes isso acontece, tiro um tempo pra digerir tudo que vejo dentro e fora de mim, daí depois já viu, né? Os textos vêm aos montes. Tipo o espirro que fica dando avisos, mas não vem, parece que está preso em algum lugar, até que sai com a intensidade de quem precisou fazer força pra se libertar. Mas ontem levantei da rede e postei alguma coisa... rs.

Aconteceu uma coisa curiosa quando passei por aqui da primeira vez, que aliás se repetiu agora. Seu blog tem mesmo a cara da Bahia. Nesse ano estive algumas vezes em Salvador e aqui pude rever imagens e palavras que são literalmente a cara da cidade. Mas, foi só bater o olho na sua imagem de exibição que me veio à cabeça uma música chamada "Conversa de Botequim" do Noel Rosa, que por sua vez é a cara do Rio. Mas sabe do que mais? Lendo alguns de seus posts essa primeira impressão foi reforçada.

É, meu querido baiano, vc também é a cara do Rio... rs... Bjs !!!

Oliver Pickwick disse...

Muito boa, Sibarita. Mas cuidado com aquele bispo, pelo visto a temporada de caça às bruxas está de volta. Poetas heréticos que se cuidem!
Um abraço!