quinta-feira, janeiro 22, 2015

MEIA NOITE, JAUÁ!


Mergulhar em Jauá é porreta, veja o vídeo!

Meia noite, Jauá!

Meia noite. Jauá! Ai meu Deus! Eu, ela e a lua.
Os lábios contra os lábios na fome dos desejos
A0 estremecer dos corpos na escuridão da rua.
Mãos sutis correm refém na delicia dos beijos!

Evoé! Os verdes olhos dela são duas esmeraldas
Acendendo a noite em lampejos dos ais e dos uis.
É o amor venal, esplendor de Jauá e suas baldas
Vestido de gozos com franjas do luar nos azuis!

O seu corpo é fruto. Eu sorvo, eu como, bem digo
Sob essa lua nos lençóis de perfume do meu corpo.
Sereia! Vem na volúpia de mais uma noite comigo,
Para minha psiquê só mesmo sua plástica e escopo.

Entre. Dispa-se. E nua, no encanto, sem cerimônia,
Moça, mata-me em suas fantasias e anseios sem fim.
Vem de chofre, pulcra, lassa, irreal, serena, demônia,
Como o diabo gosta nisso/naquilo, assim, bem assim...

Ôpai! Seus seios, a cintura, as ancas na dança do amor,
Toda deusa e se entrega na volúpia dos desejos ditosos.
Explode tudo no leito e corpos entretidos é luar em flor
Solvendo néctar de unha a unha na derrama dos gozos...

O Sibarita

Verão Humaitá numa nice!

7 comentários:

Lu Nogfer disse...

Nossa! Fantástico!!!
Belíssimas imagens você sempre presenteia os nossos olhos, juntos aos teus versos tão profundos!
Parabéns, poeta!

Beijos e linda noite pra você, menino da Bahia!

Olhos de mel disse...

Aff! De tirar o fôlego viu? Eita menino retado! Lindo, ardente, tudo de bom!
O vídeo tem imagens maravilhosas!
Ah Jauá de encantos e sedução... Jauá das noites cheias de magias e tesão.
Bom fim de semana! Beijos
Siba, recebeu a encomenda? Beijos

Bandys disse...

Eira que se essa praia falasse tinha nego e branco lascado, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Então é melhor mesmo só mergulhar, apreciar a natureza e ver o cair do sol.

Siba, se colocarem uma câmara escondida ai tu ta ferradoooo. kkkkkkkkkkkkkkkk

Beijos

Claudinha ੴ disse...

Epaaa, eu estou de volta e encontro aqui o mesmo Siba apaixonado, de mãos reféns do corpo esguio onde moram aqueles olhos verdes. Acabo de ver a Igreja do Bonfim, aí já escureceu, aqui tenho o sol batendo na minha janela e somos estados vizinhos...19:39h e ele se despede me deixando seu calor.
Lindo poema, lindos vídeos de Salvador. Assisti aos shows do festival de verão. Beijão!

helia disse...

Linda Poesia e lindas Imagens !

Vanuza Pantaleão disse...

Isso é covardia!
Eu aqui torrando e vocês aí,curtindo essa maravilha que só a Bahia tem. Tenho que voltar a Salvador!
Amigo, me perdoe a demora, ando aqui numa correria danada.
Beijinhos nesse coração amigo e baiano! Te adoroooooo

Uma aprendiz disse...

Eita, Siba

Assim tu mata mainha.

Aqui não tem praia, que inveja desta praia linda.

beijos