sexta-feira, fevereiro 20, 2015

ADEUS CARNAVAL!

O fenômeno do carnaval baiano IGOR KANNARIO arrebentou na segunda feira no Campo Grande, estimada 30/40 mil pessoas seguindo o seu trio elétrico. Intitulado o Príncipe do Gueto comandou os súditos das periferias de Salvador, Claro, eu estava lá sim! Desligue a Humaitá ao lado, vale a pena ver o vídeo e prestar atenção nas músicas, nas letras que falam a linguagem dos guetos soteropolitanos.

Adeus Carnaval

Tô na depressão mamãe! Já foi, acabou o carnaval
Não brinquei em serviço não! No olhar da piriguete
Era fissura, era quentura nas chamas deste bacanal,
Ai! Cada beijo na boca, cada gozo, eu ligado na Ivete...

Zorra, tô acabadinho! No bagaço do bagaço da folia,
Opraisso! No olimpo, palco da folia e folia é solidão!
Viraram cinzas os véus, a cobiça morre nas agonias,
Os beijos na boca e os gozos transpiram na inanição...

É a chama da babilônia! A Aline Rosa de fio dental,
A glória no Campo Grande, meus desejos avionados,
Eu bagaço, bagaço! Skimdim dim, ai meu birimbau,
Todo teso no toque das meninas, gozos descarados...

Se liga que sou barril, se você vier tem e como tem,
O coro comeu aflorado, nos quereres a minha nega,
Bateu fofo! E eu aqui solto nos braços de outro bem
Na luxúria me entreguei às donas nigrinhas acesas...

Hoje, no arrastão da Ivete rasguei a minha fantasia,
Adeus carnaval, adeus mundaréu, adeus inocência!
Osculei a aurora desta quarta de cinzas sem agonia,
Então, na fé, purifico-me em 40 dias de abstinência...

Zé Lalado


BAIANÊS EMPREGADO

Tô na depressão mamãe! – Estou triste meu amor!
Já foi – Acabou.
Não brinquei em serviço não! – Não dei bobeira no carnaval.
No olhar da piriguete – Olhar sensual, matador.
Ligado na Ivete – De olho numa mulher toda boa.
Zorra, tô acabadinho! – Xiiii estou muito cansado.
No bagaço do bagaço da folia – Acabado de pular o carnaval.
Opraisso! – Olhe para isso!
Viraram cinzas os véus – Acabaram os esconderijos.
É a chama da babilônia! – O fogo da perdição!
Eu bagaço, bagaço! – Eu jogo duro, duro!
Skimdim dim, ai meu birimbau – O som do birimbau.
Se liga que sou barril – Saiba que sou problema.
O coro comeu aflorado – O amor chegou com força.
Minha nega – Minha mulher.
Bateu fofo – Perdeu a oportunidade, se retraiu.
Nos braços de outro bem – Nos braços de outra mulher.
Donas nigrinhas acesas – Mulheres mundanas com desejos a flor da pele.
Arrastão da Ivete – Final do carnaval, Ivete faz arrastão na quarta de cinzas.

Zé Lalado

Se ligue Humaitá Web Rádio, a boa!. www.radiohumaita.com.br


10 comentários:

Lu Nogfer disse...

Como é que é? Vai se purificar em 40 dias de abstinência? Será?kkkkkkkkk

Como sempre, adorei a intensidade dos versos, poeta.

PS: Boa pra caramba essa rádio, hein! Cada vez que passo por aqui, me apresenta uma linda música. A de hoje me arrepiou...rs

Beijo!

helia disse...

Lindas a Poesia e a Música!

helia disse...

Lindas a Poesia e a Música!

helia disse...

Lindas a Poesia e a Música !

Vanuza Pantaleão disse...

Siba, Siba, Siba,amigo
Do meu coração
Nada de purificação
Tu estás limpo
E banhado e limpo pelas
Águas Sagradas
Do Senhor do Bonfim

Meu querido, obrigada por tua alegre e bem vinda presença no nosso cantinho onde rabisco minhas lendas impossíveis. Perdoe-me a demora em vir aqui, mas férias de marido e filho são um drama para qualquer mulher, rsrs.

Te adoro! Te amo! Sempre...

São disse...

Não fique triste , não, meu bem...para o ano que vem , há mais !

Boa semana

Vieira Calado disse...

Pois é, meu caro: O Carnaval acabou mas o carnaval continua...
Um forte abraço!

Minha vida de campo disse...

Que bela festa é o carnaval baiano. Adorei. As musica que ouvi ai até hoje estão em meu pensamento. Como é legal conhecer outras culturas, que país riquíssimo é esse nosso Brasil.
Tenha uma ótima semana.

Olhos de mel disse...

O carnaval passou e eu nem vi. Botei o meu bloco na rua, mas no play do meu prédio, a família reunida, graças a Deus com saúde. Graças a Deus tudo na paz e no amor.
Adoro, Lalado, esse jeito malandro, de escrever... esses versos cheios de vida e baianidade! São versos que irradiam alegria.
Beijos

SAM disse...


Zé Lalado, mas como? Haja carnaval para 40 dias de abstinência!!!! Será que aguenta, Fio? Amar não é pecado, né mesmo? hahaaahaha

Beijos, muitos :)