sábado, fevereiro 14, 2015

O CARNAVAL lI


Caro leitor, pare a Humaitá ao lado para degustar esse vídeo que da Banda Mel, um dos seus muitos sucessos. Baianidade Nagô de 1991, um hino do carnaval baiano sempre bem tocado em todos os carnavais. Alô Lalado demais, né não? kkkk

O Carnaval 
(Tradução do baianês após poesia)

Alô desejo, alô doçura, alô paixão, já é carnaval!
Baixei os meus santos e coloquei meu trio na rua.
Você não veio, se passou! Eu aqui todinho carnal
Mandando ver nas donas moças sob as luas nuas...

Tô todo entregue, alavonté no carnaval do Ilê Aiyê,
É barril dobrado, nada prá ninguém, treme a terra,
O mundo negro desse a avenida é tão lindo de se vê
É tudo nosso, nada deles! E cada uma negona fera...

Seu nego todo gostoso tá um arisco virado no estopô,
Né querendo me mostrar não! Tô no olor do bacanal!
Ô criatura, se plante, viu? O coro come! Haja o amor,
Plenitude dos pensamentos no profano do carnaval...

Oi, cê tá ligada qui cê é minha corrente e meu desejo?
Cadê you? Ò pai ò! Você podia vir que né esparro não!
Uma moça de lábios carnosos me mata de tanto beijo.
-Como, fidelidade? Ôxe! Tá dominado no estremeção...

Dengo, vou queixá aquela piriguete do olhar de abismo
Tô ouriçadíssimo, sentiu? É, liberou geral no vem e vai
Das águas intensas deste carnaval atiçando o meu juízo,
Né comigo não! Se abrir a guarda, é biriba nela mô pai...

E não é que lá ela gostou mãe? Gamou! Caí foi fora, viu?
Me piquei fui para o circuito Barra/Ondina, tô na cena!
É niuma! Gunsei a nega dos beiços amora e o imo a mil
Ô deliça! Ai, assim, você mata papá dona moça obscena...

Olhando o mar de Ondina navego o desejo na vadiagem,
Em cima do trio da Ivete curto a minha baianidade nagô!
Atrás do trio vou acochambrando na pegação da aragem
E no toque do agogô, como o seu nego gosta, ó o auê aí ô!

Ômopai! O Pablo tocando e eu nessa dor, nessa sofrencia,
-Você tá onde? Gaviões da fiel ou no galo da madrugada?
Mãe, sem você por perto, uma lua despudorada e intensa,
Brilha nos meus braços e pula o carnaval toda assanhada...

Mãe, relaxe! Se bote ai, vá! Aqui é tudo dez! É tome e tome,
Na fissuração, eu vou brincando com as moças e se realiza!
Os desejos atiçam, o fogo sobe na chama que nos consome,
Cada gostosa, os gozos disparam, estou entregue as ninjas...

Valha-me Deus, Nosso Senhor do Bonfim! kkkkk

Se rete não! Tô ligado que cê tá ligada na de colé de merma!


O Sibarita

TRADUÇÃO DO BAIANÊS

Baixei os meus santos – Tirei os meus santos do altar, virei profano.
Coloquei meu trio na rua – Coloquei meu corpo na rua.
Você não veio, se passou – Você não apareceu, deu bobeira.
Eu aqui todinho carnal – Todo profano, afim, muito afim de sexo.
Mandando ver nas donas moças sob luas nuas – Namorando as moças sob a lua cheia.
Tô todo entregue, alavonté – Estou a vontade, envolvido.
É barril dobrado – Explosivo dobrado, problema dobrado.
Nada prá ninguém, treme a terra – Não tem nada para o outro, a terra treme.
O mundo negro – O Ilê Aiyê
É tudo nosso, nada deles! – Tudo de bom nos pertence e não a eles (os inimigos)
E cada uma negona fera – Cada uma mulher bonita, boa de corpo.
Seu nego todo gostoso – Seu amor é muito gostoso.
Tá um arisco virado no estopô – Está um agoniado da zorra, retado.
Né querendo me mostrar não! – Não é querendo me amostrar não!
Tô no olor do bacanal – Estou no perfume da sacangem.
Ô criatura, se plante, viu? – Amigo (a) fique na sua, certo?
O coro come – O desejo sexual transbordando.
Haja o amor – Afim de sexo
Cê tá ligada qui cê é minha corrente - Você sabe que é minha amiga?
Cadê you? – Cadê você?
Ò pai ò! – Olhe para ai, olhe!
Você podia vir que né esparro não! – Você pode vir que não tem problema algum.
Uma moça de lábios carnosos – Uma piriguete de lábios grossos.
Tá dominado no estremeção – Está contido no impulso.
Queixá aquela piriguete – Vou paquerar aquela garota.
Olhar de abismo - Olhar de cobiça, desejo..
Tô ouriçadíssimo, sentiu? – Estou com muita vontade de sexo, percebeu?
Liberou geral  – Está tudo liberado.
Atiçando o meu juízo -  Agoniando o juízo.
Né comigo não! – Não é comigo não!
Se abrir a guarda, é biriba nela mô pai – Se der bobeira é sexo com ela meu amigo.
Lá ela gostou mãe? – Ela gostou meu amor.
Gamou! – Apaixonou.
Me piquei – Me sai, fui embora.
Tô na cena! – Estou na festa, estou presente.
É niuma! – Sem problema, não é nada.
Gunsei – Peguei.
Beiços amora – Lábios sabor de amora.
Ô deliça! – Que delicia!
Você mata papá – Você mata de gozos seu amor
Baianidade nagô – Assumir-se negro.
Acochambrando – Se abraçando, apertando o um corpo ao outro.
Pegação da aragem – Sacanagem conforme o momento.
Ó o auê aí ô! -Única frase universal a utilizar apenas vogais.
Ômopai! – Ai Meu Deus!
Sofrência – Tipo de música que dói o coração.
Lua despudorada – Lua, mulher que gosta muito de sexo.
Brilha nos meus braços – E muitos carinhos nos braços de um homem.
Mãe, relaxe! – Mulher se descontraia.
Se bote ai, vá! Aqui é tudo dez! É tome e tome,
As ninjas – As mulheres que sabem tudo do sexo.
Tô ligado que cê tá ligada na de colé de merma – Estou ciente do seu conhecimento a respeito do assunto.


O Sibarita

Que tal se ligar na Humaitá? www.radiohumaita.com.br

6 comentários:

São disse...

Se divirta, meu bem !

Dance muito , também por mim, rrss

Desejo alegre Carnaval :)

Lu Nogfer disse...

Eita seu moço levado da breca mopai.Kkkkkkķ
Quebra tudo aí meu filho e volte são.

PS. Cheguei viste menino! Queimadérrima. Ultrapassei toda a cota de sol.rs

Beijo de mar.

Bandys disse...

Agradecida pelo visita.

ONG ALERTA disse...

Para quem gosto tudo de bom, abraço Lisette.

Olhos de mel disse...

Meu dengo, tu correu atrás do trio, foi? Pegou todas, e agora? A festa acabou, a Ivete já fez o arrastão e tu no bagaço, que fez do teu coração?
Gostei Siba! Adoro esse jeitinho da nossa terra! Beijos

SAM disse...

Siba....mas com TUDO em TODAS! É assim é? Valha-me Deus, Nosso Senhor do Bonfim digo eu!!! hahahahhahhaahhahahaah

Beijos meu querido <3