segunda-feira, março 30, 2015

OUTONAL

Outonal

Filha da lua, duquesa dos corais, assim, intensa,
O teu amor se ergue no fogo, abrasadas chamas.
E caminha, passo a passo, na querência imensa,
Adubagem do coração, delíquios do que se ama...

Cobiça em coma no tempo ocaso a se precipitar,
Palpo a quimera dos teus olhares tão distraídos.
Estação outono sob os céus dos amores a sonhar,
Tombam as folhas outonais em chão de destinos...

Arma e desarma, porventura, céus pelos avessos,
O amor recria um amor, logo deixado pelo amor,
Entre as certezas do outono batendo no teu peito...

Nas estações iguais e iguais que ao amor inspiro.
A brisa, consorte do mar, frescor do teu coração,
É aragem, ar fresco, a essência do que te respiro...

O Sibarita

TÁ LIGADO NA HUMAITÁ? SE LIGUE!
www.radiohumaita.com.br

8 comentários:

Vivian disse...

...tá muito inspirado esse
poeta baiano da gema!

será a tranquilidade do
Outono?

ou será o que mais? kkkkk

smackssssss

ONG ALERTA disse...

Muito lindo, abarço Lisette.

São disse...

Que lindeza, amigo!

Beijinhos e boa Páscoa :)

Bandys disse...

Seres iluminados não tem esses sentimentos como raiva e etc..

Eu graças a deus por estar sempre com uma luizinha no meu caminho.

Feliz Pascoal.

Vivian disse...

...Siba meu poeta querido,


especialmente neste dia, vim
desejar à você e a todos os
seus, uma feliz Páscoa e que
o renascimento do Cristo seja
para todos nós, bençãos do céu,
e que estas sejam luzes para
nossos caminhos!


beijos meus!

Olhos de mel disse...

Siba que soneto mais doce, mais lindo!
Feliz Páscoa, querido! Bom fim de semana! Beijos

Lu Nogfer disse...

Nossa que lindo, Sibapoeta! Principalmente o final arrebatador!

Feliz Páscoa com muita paz e tudo de bom, seu menino inspiradíssimo. rs
E não faça como eu, hein!? não exagere no chocolate!kkkkk

Uma aprendiz disse...

Oi, Siba

Belas palavras, poeta.

bjs