segunda-feira, agosto 03, 2015

DELIBERADO


Deliberado

Pelas curvas das tardes morrem os dias alvissareiros
O tempo ronda com sua foice a solidão dos reversos.
Pelo silêncio, a fome de ti...  A vida não tem roteiros,
No horizonte, a lua galopa, filtra o branco dos versos...

Sem penumbras e com aromas as palavras são tochas
Do coração carreando a paixão na sua túnica de aço.
Bebo o amor, sinto arder o ar, ouço o coral das rochas,
O sol circunscreve a muralha. Faço. Desfaço. Renasço...

Corro mundo varrido pelos quatros ventos da paixão
Por entre céus de mármores e noites ancoradas assim
Na afeição das tuas chamas... Sinto, vivo na cerração
À espreita dos sinais do teu fogo para me refundir...

Na tua essência vestido de amor, súbito, feroz de ti,
Em céus: códigos cifrados das loucuras íntimas de nós.
Mil desejos aflorados aguardam teu fogaréu sem-fim
Constelados nas dobras dos dias de um sol de girassóis

É, Deus te criou, destruiu o molde, tens um lado estrelar
Encontrado no princípio e no fim do que tu me consomes!
Acerco-te a passos lentos medindo o gozo do teu respirar
Ai moça! Ao reverso da fome de ti, sempre será a fome...

O teu ventre:
Sol amaranto e coral.
Intimo de mim,
Dentro do peito
Uma chama intensa
Entrelaçada com a brisa
Da tua ausência...

O Sibarita
 
Humaitá Web Rádio, diferente!

10 comentários:

Sarinha disse...

Amigo, que beleza!!!!

Esta " fome" é o sol e a chuva da vida.


Beijos muitos

Sarinha ▼

Bandys disse...

As ausências são sempre motivos dos poetas se lambuzarem com poesia.

beijos seu moço, juízo

Minha vida de campo disse...

Lindo, é bom ver um homem apaixonado e cheio de inspiração ao ver a alma de sua amada.
Tenha uma ótima semana.

Lu Nogfer disse...

Passando para ler os teus belos versos e agradecer a presença no asas....
Ps: Não está dando para blogar com frequência. Mas as coisas estao caminhando da melhor forma possivel.
Beijos e muito obrigada pela companhia.

ONG ALERTA disse...

Paixão é tudo abraço Lisette.

silvioafonso disse...

Não resisti, por isso vou seguir
seu blog. Adoro o espírito que
você demonstra nele. Será que se
gostar do meu você vai me seguir
também?

Um abraço, garoto.



.

silvioafonso disse...

Não resisti, por isso vou seguir
seu blog. Adoro o espírito que
você demonstra nele. Será que se
gostar do meu você vai me seguir
também?

Um abraço, garoto.



.

APENAS PALAVRAS disse...

linda postagem com dizeres suaves....
Parabens pela postagem....
Abraço

Uma aprendiz disse...

Eita, Siba

Ainda "Corres mundo varrido pelos quatros ventos da paixão?"

Não sabes que há amores que não são do coração e sim da alma?

Estes, amigo, por mais que se corra atrás nunca o encontramos.

Fazem parte de nosso DNA.


beijos

Kátia disse...

Não precisa chorar minha ausência esse menino,eu sempre volto. ;-)