quarta-feira, dezembro 23, 2009

FELIZ NATAL, NADA ALÉM...

Um deles é o Sibarita.

Feliz Natal, Nada Além...

... Eu pensei que todo mundo fosse filho de Papai Noel!
(Assis Valente)

(Homenagem aos meus amigos de infância dos Alagados
(maré, palafitas) da Vila Rui Barbosa em Salvador/Bahia.)

Valha-nos Jesus Menino!
Você vê
o farol do Monte Serrat
iluminando a Bahia
de todos os Santos,
ao fundo, a ilha de Itaparica
embelezando o seu recanto!
Você não vê
os alagados, a maré, os casebres
de tábuas sobre caibros
balançando ao léu com sua gente
tirando do lixo o sustento!
Não faz parte da sua história
esse povo sem memória...
Você vê
A lua chegar por sobre o seu pedestal
para iluminar a sua mesa farta
de produtos importados
na ceia de natal.
Você não vê
Crianças famintas pelas ruas,
nas sinaleiras, fora da escola
cheirando cola, não faz parte
do seu dia a dia essa escória!
Você vê, revê
abraça os seus amigos
na ceia natalina
ao lado dessa gente fina
grudada em sua resina...
Você não vê
crianças barrigas de lombrigas
num céu de desesperos
com estrelas hidráulicas
sustentando as pontes
que balançam aulicamente
nas asas dos ventos...
Você vê
os seus filhos
saírem para a balada do natal
cheios de presentes:
roupas, tênis de marcas
e coisa e tal...
Você não vê
o natal das crianças da maré
a espera de Papai Noel
com tamancos rachados
nas janelas dependurados...
E pela manhã, nenhum brinquedo,
nenhuma boneca, nenhuma bola
Papai Noel nunca vem, disfarça!
isso, não lhe corta o coração, você isola...
Você vê
o dia amanhecer
tendo a mesa farta e o peru do natal
na confraternização e trocas de presentes,
com sorrisos entre os dentes
agradece esse belo momento.
Mas, não se liga em Jesus,
e nos seus ensinamentos
tocando em seu coração,
então, você vira o rosto
para o seu irmão faminto
quando Ele mandou repartir o pão.
Você não vê
o natal nos alagados
banguelo sobre os caibros
e que pela manhã o sol chega,
olha, disfarça e sem esperança
lacrimejando se joga das pontes
submergindo nos pinicos
de maré lentamente...
Você vê
a ficha cair, mas, não está nem aí
do seu baú de ouro
reluzindo o seu tesouro
com o mundo aos seus Pés
e Deus lhe olhando de viés!
Você não vê
o rumor dos seus passos
atados nos percalços
das trevas do seu coração
e no sentido oposto
a escória enxugando
as lágrimas do seu rosto
nesse poema parodiado
do seu espelho congelado!

Você vê
Apenas lê
O zen astral
Do seu signo
Na coluna social
De qualquer Jornal...

Nada sei além desta janela
aberta diante do meu olhar.
É a maré, é a maré!
Lixos e ratos
estampados no horizonte
de urubus circundando
pelo céu sob a réstia
do sol alumiando meus olhos
perdidos no escarcéu.

Olhando da janela
a visão é ciclope
e me remete
à infância na maré.

As rajadas no azul cinza
de moribundos dias
não esquecidos.
Quebrantava-se o dia...

Era Natal!

Miríades de sonhos
na misantropia
dourando barrigas de lombrigas
sucumbindo pela anemia...

Nada além...
A fome e o lixo!
Dos natais,
apenas, os resquícios.

O Sibarita

15 comentários:

Claudinha ੴ disse...

Olá amigo, não me sinto bem no Natal farto e cheio de propagandas de comércio,m quando tantas e tantas crianças ainda vivem em necessidades básicas. Gosteo deste seu poema cheio de realidade e de realização. Acho que isto sim é pensar em Natal de Jesus!
Que Ele os abençoe e que seu 2010 seja magnífico!
Beijos!

Pena disse...

Oh Génios dos Génios Amigo:
Um texto lindo que comove e sensibiliza pela ternura pelos desencantados, sofredores e desprezados que o Menino deveria ter em conta.
Há tanto a fazer, sem ser no Natal, mas todos os dias...?
Oh, Amigo deslumbrante Sibarita,
Precioso, o seu harmonioso e sensível poema de um encanto GIGANTE.
Fabuloso. Parabéns sinceros.
MUITO OBRIGADO pela sua amizade que nunca hei-de esquecer ou omitir.
VOCÊ é uma pessoa que vale ouro puro.
Abraço bem forte de uma amizade sincera.
Adorei.
Feliz Natal para si e para os seus.
Sempre a admirá-lo e a respeitá-lo

pena

Excelente!

VANUZA PANTALEÃO disse...

Eu vejo, eu vejo, Siba!
Vejo e lamento desde que me entendo por gente. Afinal, também sou nordestina e nas Alagoas também há muito sofrer. Já gritei e grito sempre que posso:
- Votem nas pessoas certas!
- Estudem!
Ah, mas mudar a mentalidade de uma nação como a nossa é tarefa hercúlea (de onde tirei essa palavra?Rs) e sou apenas mais uma, nada além...

Falando em "nada além", lembra o grande Mário Lago?
"Nada além/Nada além de uma ilusão..." sabia das coisas o nosso velho Mário!

Pois é, amigo! A nossa Bahia é maior que a miséria e os "podres poderes" deles.

Entretanto, é Natal e desejo-lhe cada vez mais essa Inspiração e Lucidez...DEUS O ABENÇOE E AOS SEUS!!!Bjsss

paula barros disse...

Oi, e assim passamos mais um ano...e seu poema-crítica-reflexão é sempre atual, é para todos os dias....me fez pensar no que mudei, no que fiz, nas proposta que tinha de evolução...mais um ano...

Aproveito para desejar a você um dia de Natal de muita paz e saúde, e que todos os dias você continue sendo essa pessoa maravilhosa. Tudo de bom. beijo e abraços

Bandys disse...

Siba,

Eu vejo e faço a minha parte, porque só podemos fazer a nossa parte!
Se for preciso eu grito..
Eu vou a luta..
Que Deus ilumine os homens que TEM os poderes, pra que eles façam a parte deles.
Paz na terra aos homens de bos vontade!
A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida,

E você é um deles!


Beijos no teu ♥
PS se essa mensagem sumir eu vou na policia! AH se vou!

Tu deve ser o mais bonitinho da foto, rssss

Anna disse...

Siba amigo, desculpa minha ausência...
Quase cai, mas com o ano novo, vida nova também virá... Novas esperanças, novas realizações, novos sonhos enfim... É a dinâmica da vida: caimos hoje, levantamos amanhã...

Que o espírito do Natal entre definitivamente na sua vida, através do abraço fraterno, da oração sentida, do prazer de andar sem drogas e sem bebidas, do riso franco, do desejo sincero de ser feliz e de tão feliz, não resistir ao desejo de fazer outras pessoas, também felizes.
Boas Festas, que bençãos de Amor, Paz e Esperança acompanhem você e os seus todos os dias do Ano Novo.
Espero continuar contando com sua amizade em 2010!

Beijos de luz em seu coração!

www.momentos-de-amor.zip.net/

www.fasciniusangels2.zip.net/

www.mda-festas.zip.net/

Deusa Odoyá disse...

Olá meu doce amigo.
Siba,gostaria muito de ter o poder de transformar o mundo, a cabeça desses governates, mas como?
Sim, poderíamos ser mais unidos não indo ás urnas, pois temos os governantes que merecemos, pois é o pvo que vota e contribui para o que está havendo no país.
Não adianta reclamar, gritar. fazer propestos, mas sim, eleger com conciência e razão.
Os mais ricos estão mais ricos e os menos favorecidos, esses sim é Siba meu querido, a vida as vezes nos torna um pouco rebelde, pois vemos essa corrupção comendo solta e se tornando uma pizza gigante, e nada se consegue fazer para exterminar.

Por isso que devemos ajudar ao próximo, sem olhar e querer nada em troca, apenas dar as mãos aos menos favorecidos.
Sermos irmãos de fé, de vida, de caminhada e de amor.
Por isso lhe dou meus parabéns por essa crítica e ao mesmo tempo reflexão , nesse dia tão abençoado.
Siba querido, vc. realmente é tudo em nossa vida.
Um mestre, poeta, amigo, irmão de fé, companheiro de jornadas a qual transmite muita paz e iluminação.


Existem muitos meu querido que estão passando o que passastes na sua infância, mas vc. meu lindo teve berço, mesmo sendo pobre.
Cresceu, venceu e hoje o que vc. pode ajudar ao próximo vc.se desdobra e faz.
Começando pela sua direção na fraternidade.
Uma missão linda e abençoada.
Fico triste enquanto nas nossas mesas temos fartura, muitos nem ao menos um sorriso de irmão tem.
Desejo que as bençãos do mestre Jesus recaia sobre vc. e painho.
Iluminando seus dias e sua força.
Que Deus caminhe sempre ao seu lado e de painho trazendo muita luz, paz, amor e fé.
Saúde aquele bom velhinho, que painho no ano de 2010, continue ao seu lado lhe trazendo muitas alegrias e resignação.
Beijos doces da amiga que te quer muito bem.
Te dolo e saudades.
Regina Coeli.

Uma aprendiz disse...

Oi, Sibarita

Confesso, por mais que se faça ainda é nada diante de tudo que não sabemos além...

"Nada sei além desta janela
aberta diante do meu olhar."



FELIZ NATAL

e

OBRIGADA

PELO CARINHO E ATENÇÃO
DE SEMPRE

beijos, de sua amiga

Desnuda disse...

Meu querido amigo. Pessoas como você que vivenciou tudo isso e pessoas como nós, seus leitores que estamos ligados não só pelas belas poesias feitas pelo seu talento, mas também por afinidades humanistas, estamos vendo sim e SENTINDO tudo,E com certeza fazemos a nossa parte. Mas é preciso que a parte maior e de poder abrangente possa ver, sentir e ser suficiente para transformar esta realidade. Uma realidade em desacordo com a nossa Carta Magna Constitucional , os Direitos Humanos, e própria essência HUMANA, e nada além disso. Apenas a normalidade, a simplicidade do que devia ser e ter e não é e não tem.

E fiz esta chamada na postagem de natal no Bar do Ossian de Oliveira de Panelas de um poema chamado "Os cristos da minha rua", que termina num convite:

"Quem se atreve a vir comigo
Mudar essa cena crua
E transformar em amigos
Os cristos de minha rua?"


Oliveira de Panelas, O 13° Apóstolo


Voce, com certeza é um dos que fazem por onde transformar em amigos os cristos da sua infância, da sua rua, dos que estão ao seu alcance. Obrigada!

Estou em Minnas huaiiiiiiiiiiiiiii kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Beijo especial, abraço carinhoso e um natal afetuoso, repleto de paz e harmonia com os familiares.

Cleo disse...

Oi Sibarita! um poema que diz tudo, com certeza o espírito do Natal é de dividirmos as bençãos com os mais necessitados, não é esse consumismo que tomou conta do mundo, mas ainda bem que existem pessoas que fazem do Natal uma bem aventurança prá si e outros. O Natal é um momento de introspecção para agradecermos à Deus tudo o que de bom acontece em nossas vidas.
Menino, achei um luxo teu poema A RAZÃO E A PSIQUÊ. magnífico.
Um Feliz Natal prá ti e a familia com muitas bençãos do Divino.
Beijos.
Cleo

Desnuda disse...

FELIZ NATAL HO HO HO!

Barbara disse...

Há uma força maior do que a injustiça: a inocência do acusado.
Essa frase é a cama ( cama não - "longchaise") , onde se deitam os que se garantem na inocência dos pobres, dos mais pobres sendo que não sabem que deitam por deitar, pois mortos de alma já estão.
1 abraço.

biazinha disse...

Toda oração pro Senhor do Bonfim é pouca pra tanta miséria, e o capeta não se abate só com orações.
Um 2010 de muito axé procê!
Um xêro!

Deusa Odoyá disse...

Olá meu lindo amigo.
Espero que tenhas tido um natal com muita paz e amor.
Que mestre Jesus continue abençoando seus caminhos e de painho.
Lhe dandoa força, coragem e resignação para o que tiveres que passar.
Siba querido, que o próximo ano possamos passar juntos de novo.
Sempre com esse bom humor,essa bondade e fraternidade.
cuidando dos seus irmãos de fé.
Vou viajar, talvez chegue até aí, mas vou lhe avisar.
Te dolo...
saudades de vcs.
Beijinhos doces.
Regina Coeli.

Pena disse...

Precioso Poeta Amigo:
Um Excelente e bem merecido 2010.
Que o seu talento continue.
Parabéns sinceros pelo fantástico Ser Humano de bem que é.
Abraço amigo forte de amizade.
Perfeito Ano Novo com todos os sonhos concretizados.
Sempre a admirá-lo

pena

MUITO OBRIGADO pela sua amizade e simpatia.
É uma honra.
Bem-Haja, pelo majestoso sentir que possui. Perfeito.