terça-feira, dezembro 01, 2009

PRELÚDIO

Prelúdio

Há de se exprimir esse derramamento total de amor
Letras por letras, letras vivas que a boca nunca te diz!
Eu sei que o mesmo coração que molha a pena, escreve,
Expressa nesses versos o desejo, o instinto da paixão...

Mas, o amor, o amor faz medo! A confissão espanca, arde,
Sangra impotente e dá nó, morre presa na minha garganta.
Enfolho, então, o grito abafado, o meu pensamento ferve
Um vulcão sentimental, incandescente e lava reticente...

É, o coração traspassado na paixão fala e fala nos versos
Na mente, a ânsia do amor, escorre em retalhos de papel!
-Guardo, entretanto, nos meus olhos os desejos imersos...

Os debruns das palavras tornam-se um turbilhão
A flor, o canto, o olor e o céu de quem escreve!
-Diga aí coração com seis cordas de paixão...

O Sibarita

19 comentários:

Guacira Maciel disse...

Que coisa mais lindaaaa!!!
Foi muito bom conhecer este Sibarita tão poético (nonsense?).
Beijo e obrigada por me anexar como interessante.
beijo.

paula barros disse...

Muitos e muitos poemas seus exprimem esse amor, esse amor que se derrama nas letras, e que inunda o coração de quem ler.


abraços e beijos, encantada com o seu derramento de amor.

Desnuda disse...

Nossa...Este poema mexe com as cordas do coração, visse? Lindo, Sibarita!


Beijos, amigo!


* Agora sou uma mulher de peito!

Continuo mole kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

SAM disse...

Sibarita,


um soneto de uma beleza tamanha que emociona. Bonito demais...


Carinhoso beijo

Pena disse...

"...Mas, o amor, o amor faz medo! A confissão espanca, arde,
Sangra impotente e dá nó, morre presa na minha garganta.
Enfolho, então, o grito abafado, o meu pensamento ferve
Um vulcão sentimental, incandescente e lava reticente..."

Simplesmente SUBLIME.
Tem uma sensibilidade poética DIVINAL!
Parabéns.
Abraço amigo de parabéns pelo excelente ser humano FANTÁSTICO que é.


pena

Sandra disse...

É o coração transpassado pela paixão, que fala do amor, da vida e da grande paixaão. Lindo poema.
Como é bom amar e ver a luz no céu, cheia de prazer a nos olhar...
Também fiz um poema.
Passe no Poetas um voo livre e confira esta paixão, a lua e seus mist´rios. Pegue o link na Curiosa.
Ficarei te aguardando.
Faz tempo que não passas por lá.
Mas eu vim...

Como gostas de poesias assim como eu, então lhe convido para...

... viajar comigo até Portugal..
Ficou curioso, então veja:
Deixo o convite aberto para vc. vim participar do meu momento em Portugal.
Siga este endereço e veja quem está lá.

Venha para Portugal e veja quem está lá.
clique neste endereço.
http://olhardireito.blogspot.com/2009/12/momentos-8poema.html
deixe seu recadinho lá.

1º concurso de Poesia.
Venha viajar comigo.
Será um grande prazer ter a sua companhia nesta linda viagem.
Se você achar melhor ir pelo blog da Curiosa é só acessar o link e tenha uma linda viagem...
Com muito carinho
Sandra

Bandys disse...

Poutz... Fiquei até sem fala.
Que coisa mais linda e depois diz que num é poeta!!!!!
Acho que esse amor , essa paixão tá mexendo com tua cabeça..kkkkk

Tu é um dos melhores poetas que eu conheço!
Mas não vou nem falar mais nada..

Viva de tal forma que deixes pegadas luminosas no caminho percorrido, como estrelas apontando o rumo da felicidade e não deixes ninguém afastar-se de ti sem que leve um traço de bondade, ou um sinal de paz da tua vida.

E eu sempre levo daqui sua amizade, sua inspiração!

Beijos

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Sublime.
A não dever nada a qualquer imortal desses da vida hehehe

Beijo!

Layara disse...

...meu anjo!

quando as palavras falam de amor, elas se encaixam como concavo e convexo, unem-se como corpos em extase de amor...

beijo meu Rei!

Pelos caminhos da vida. disse...

Obrigada por compartilhar comigo a homenagem dedicada para a minha Marcia.

beijooo.

Oliver Pickwick disse...

A volta do lirismo clássico. Ainda por cima, em um soneto. Apesar de meio em desuso, sou fã deste gênero. E a sua métrica neste tipo de poesia é acadêmica.
Um abraço!

Glória Müller disse...

Ah... Siba, Sempre nos surpreendendo, não é?! Que maravilha!!! Mas, na verdade, não é surpresa não!! Você é muito mais do que a gente possa imaginar...
Né não??

VANUZA PANTALEÃO disse...

Nos debruns da Poesia esconde-se esse coração infinitamente Poético do meu amigo Siba.
Siba, acabei de tomar um Paracetamol para s sinusite; meu marido vai viajar em breve e meu gato está doente. Não tô legal, amigo!
Por favor, paciência...vou me acertar depois dessas festas. Você é um cavalheiro, vai me compreender.
Te adoro demais!!!Bjsss

Regina disse...

Olá Sibarita.
Muito lindo, como todos que vc. escreve.
Cada poema que escreves, um supera o outro em louvor ao amor.
Estou de acordo com a Bandys, essa musa está mexendo com sua cabeça.
Parabéns, se és feliz assim vá em frente.
O amor é tão lindo, ainda mais amando e sendo amado.
Fico feliz por sua felicidae.
Espero que seus dias possam sempre ter as esperanças floridas.

Vc. é uma criatura pura, de bom coração, merece sim ser feliz.
Siba, tem poemas seus que me emociono, e vc. deve saber o porque.
Uma semana de muitas realizações e paz.
Beijinhos doces em vc. e painho.
Fique na paz do nosso mestre Jesus.
Te dolo.
Saudades, amigo.
Regina Coeli.

Regina disse...

Olá meu lindo.
Agora vou comentar apenas do seu prelúdio.
me emociono como falei a vc. com todos os seus poemas.
Todos trazem gravados em sua alma um grito esperançoso de amar.

Sibarita, mesmo que vc. diga para nós suas amigas, que o poeta apenas escreve e as vezes sem ter nada com que escreve, mas ,eu penso assim:
O maravilhoso do mundo da fantasia, é a nossa capacidade de torná-la realidade.
e vc. Siba pode sim, tornar essa sua fantasia em realidade.
As pessoas as vezes são solitárias, porque constroem, muros ao invés de pontes.
Em cada poema que escreves se vê a necessidade de amar.
amar os amigos, amar a familia e também amar a um grande amor.
Assim como a semente traça a forma e o destino da árvore, os teus próprios desejos é que te configuram a vida.
Isso é de Emanuel.
O amor é a melhor musica da partitura da vida.
Sem ele, você será um eterno desafinado no imenso coral da humanidade.
Então Siba querido vc. e seus poemas são como a luz das estrelas, um lindo arco íris, o mais belo fogo de artifício.
tudo isso traduzido no mais puro amor.
O poeta deve deixar traços de sua passagem, não provas.
Só os traços fazem sonhar.
Poema é o estado em que as palvras falam sózinhas.
Meu querido amigo siba, uma semana de muitas bençãos e paz para vc. e painho.
Que mestre Jesus sempre possa abençoar seus caminhos.
desculpe, mas essa foi longa.
Beijinhos doces da amiga Regina.
Te dolo e saudades.

Pelos caminhos da vida. disse...

Abraços significam amor para alguém com quem realmente nos importamos.....
para nossos avós ou nossos vizinhos, ou até mesmo para um ursinho amigo......

Um abraço é algo espantoso... é a forma perfeita de mostrar
o amor que sentimos, mas que palavras não podem dizer.

É engraçado como um simples abraço faz nos sentir bem...
em qualquer lugar ou língua...
É sempre compreendido...
E abraços não precisam de equipamentos, pilhas ou baterias especiais...
É só abrir os braços e o coração...

Guarde este abraço!

Bom fim de semana.

beijooo.

Deusa Odoyá disse...

Meu querido amigo.
Sibarita, voltei pra lhe desejar uma semana de muitas realizações, paz, amor, fé e luz.
Querido Siba, que sua semana possa alcnçar seus anseios .

lindo, agora vou comenrtar um outro poema que a saudade deixou marcas.
Beijinhos doces, para vc. e painho.
Saudades de todos, e dessa Bahia encantadora.
Regina coeli.
Nas anteriores meus comentários sairam como Regina, pois a Deusaodoya não consegui acessar.
Fique na doce paz do mestre Jesus.

Uma aprendiz disse...

Oi, Siba

já estive aqui outras vezes e li, reli e tornei a ler seu poema.
Sai sem deixar rastros.
Hoje voltei para comentar e fiquei alguns minutos sem saber ao certo o que escrever.
Sou sua fã.... já disse isso, né?
Gosto de seu estilo e sua sensibilidade .... também já disse?
Pois é, sou repetitiva, meu amigo.

Adoro poesia, adoro ler as palavra que saem do coração.
Sejam de poetas ou não.
Quando escrevemos abrimos portas secretas que nos revelam o interior.
Mesmo para os que se dizem "brincalhões" as palavras sempre têm algo de revelador.
E como diz o próprio título de sua poesia "Prelúdio" esse é um bom começo para entender o Sibarita.
Quem sabe, pra você seja mais fácil escrever do que falar?
Quem sabe você esteja assustado como todos nós estamos pois, como vc mesmo escreveu...

Mas, o amor, o amor faz medo!

Mas sempre vale a pena.
Pense nisso e quem sabe......

beijos, de sua amiga paulista

Estações da Vida disse...

Lindooooooooooooooo de arrepiar!!!!! Beijocas.
Sylvia Narriman