sábado, março 24, 2012

SIBILE

Sibile

Amada, retirai o vosso silêncio do meu caminho
Eu quero passar com o meu tédio, a minha dor.
Na essência, vos digo, o meu grito mesmo surdo
É maior que o teu silenciar. O brado é: amor, amor...

Nas entrelinhas, guardai vossa fúria e nos transbordos,
Amada minha, não me negues, sei e sabes somos desejos.
Em nós, a palavra amor é uma só: Paixão, paixão e paixão...
A névoa é breve, fragílima... O teu reino, é o meu reino!

É que as horas descem pulsando o teu nome no aroma puro.
Minha rainha, no tempo dos anjos, a luz se faz nos momentos,
Mas, a teia do caos no galope, a paixão e o amor tornam nulo
Desacompanhando o compasso da ampulheta na asa do vento...

Vida minha, já não sei bem o que fui ou o que ainda sou, dizes!
O templo da razão tem porta estreita, serei sempre o servo, o rei
Para gozar-te em paz e desejos na febre de viver sem cicatrizes
E nunca negar o amor na luz do teu rosto que sempre te amei...

Volta-me, pega-me quando os meus lábios e a pele rememoram
A memória do teu corpo, reinunda-me dos teus desejos de novo.
Um grande amor nasce da peregrinação ao santuário da paixão,
Devolve-nos ao passado, sonhas comigo, vendo-me ao teu lado...

Que hás de me ter mesmo na minha ausência. O querer desfará
O sibile de flechas. Há mesmo, dilúvios de luz vindos a caminho
Agonizando toda escuridão. Amor meu, me oculto no teu olhar
Quando em minhas entranhas o verbo amor grita o teu nome...

O Sibarita

12 comentários:

Sandra disse...

Agradeço o carinho da sua visita.
AMIZADE É COMO FLORES EM BOTÃO. AO CULTIVAR VÃO ABRINDO E LIBERANDO O SEU PERFUME.
POR ISSO LHE OFEREÇO UMA ROSA CHEIA DE PERFUME AINDA EM BOTÃO PARA QUE, SE ABRIR EM SUAS MÃOS POSSA DEIXAR TODO O PERFUME DA NOSSA AMIZADE.
CARINHOAMENTE AGRADEÇO A SUA VISITA.
SANDRA

Jota Effe Esse disse...

Para uma canção tão cheia de fogo, cadê os comentários? Meu abraço.

Claudinha ੴ disse...

Ah, mas essa amada precisa voltar logo!Que sibilem as flechas, que seus lábios se unam! To aqui na torcida Siba! (Mas sem que se perceba , vocês se encontram pra uma outra folia!)

Bandys disse...

Siba

Mel Deus!!! Mel Deus!!! Sempre gosto do que leio aqui mas esse simplesmente ta the best. É por isso que vc é meu preferido. Tem essa mistura de escrever da comedia ao serio, da saudade ao amor. Sem cair a qualidade.
Lindo demais, adorei!

E acho que vou fazer tu pedir a benção num sabe, afinal tu ta pensando o que?????? kkkkkkkkkkkkk

Um beijo enorme pra você da tia que não esquece jamais, kkkkkkkkkkkk

Olhos de mel disse...

Nossa Siba; simplesmente maravilhoso, encantador! Que declaração, heim? Versos que expressam amor e desejo... coisas que embalam a vida e nos traz luz e cor.
Lindo Siba, provocador e apaixonante!
Boa semana! Beijos

Anônimo disse...

Meu lindo amigo e poeta.
Sibarita, seus versos reluzem aguas claras e chuvas de amor nesse poema.
Um amado, cheio de luz, paz entre os corpos que se entregaram em vidas passadas.
Corpo, alma e luz entre os corações paixonados.
Essa sua musa deve ser uma linda estrela da paixão.
Beijinhos doces em seu coração sonhador.
Paz e luz.
Regina Coeli

Desnuda disse...

Querido POETA,


Olha... Você faz o leitor ficar sem fôlego, sem ter como comentar e o tempo parar nesta leitura. Que magia forte! Aff Maria. Um poema doce, manso, apaixonado...Um sussurro de amor que tem a força maior do mundo.

"Amor meu, me oculto no teu olhar
Quando em minhas entranhas o verbo amor grita o teu nome..."


Quem há de resistir a um apelo deste? Um exagero de lindo!


Beijos com carinho e maravilhosa querido Sibarita.

Vanuza Pantaleão disse...

Por Deus, amigo!
Depois de uma declaração dessas - se eu fosse essa rainha, e não sou -, largava tudo que estivesse fazendo e sairia correndo para os braços do ser amado.

Poeta, inspirado Poeta, um poema assim, em plena segunda-feira, tira qualquer um do sério, rsrs.

Abração bem carinhoso!!!!

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

É amor demais!
Martha
Beijos
Apareça

Corações e Segredos disse...

Volta-me, pega-me quando os meus lábios e a pele rememoram
A memória do teu corpo, reinunda-me dos teus desejos de novo.
Um grande amor nasce da peregrinação ao santuário da paixão,
Devolve-nos ao passado, sonhas comigo, vendo-me ao teu lado...


SAUDADES

Anônimo disse...

Meu lindo e abençoado amigo Siba...

O amor é a chave de todas as cores de nossa vida.
Feliz daquele que dá amor e é correspondido.
O amor sempre nos deixa a ver campos vibratórios de luz e paz.
Que mestre Jesus abençõe sempre sua cabecinha, pois só assim vc. nos inspira com seus poemas lindos.
beijinho de muita paz e luz em seu coração.
Regina coeli

Uma aprendiz disse...

Que lindo, Siba.

Fazendo minhas as tuas palavras... coloquei fim ao meu silencio e vim comentar estas maravilhas.

Finda a leitura, há como não sonhar? Há como não peregrinar à este santuário de paixão, descrito em versos?

Impossível.
Resta-nos gritar, mesmo em silêncio, o nome que teimamos ocultar em nossas entranhas.

beijos, de sua fã