segunda-feira, junho 25, 2012

MEU SÃO JOÃO

Caro(a) leitor(a) Ouçam com Renato Fechine o que é mulher ninja na Bahia. O Renato é um dos melhores humoristas da Bahia. Quer saber mais sobre o baianês com humor? Vá ao site http://www.renatofechine.com.br/ com certeza vai gostar e ainda pode fazer download gratis. Para ouvir pare a Rádio Humaitá ao lado.

Meu São João foi em Jequié/Bahia, Forró da Margarida, ô beleza! (kkk) Muita gente, mesas fartas. Atração principal Maria Machadão (ó Deus! Kkk) Ivete Sangalo (-E ela canta forró? -Rappaz... (kkk)) e mais Calcinha Preta. (-Como? Se era preta mesmo? Oxente! Não deu prá ver não! (kkk))

No meio da multidão a Ivete me descobre e grita: -Ô Siba você está podendo heim? Quem é essa negona aí? Cuidado criatura, esse Siba né brincadeira não! –Meu Deus! Deixa de onda Ivete, assim, a mulher se pica e eu fico a ver navios! Quer me lenhar, é? –Quero não Siba! Mas, que você é perigo na área é sim! Oi minha amiga esse homi não presta, viu? (Hahaha) –Ô Ivete, vá cantar, me deixe em paz! –Ok! Vou cantar, ô Fia abra o olho com o Siba que você não é chinesa! (Hahaha) –Rebocado, sacanagem de Ivete e não é que a piriguete se picou? É nenhuma, tem nada não... (kkk)

Terminado o show de Ivete, fui para o forró da Budega aí não teve para ninguém, me dei bem! Uma Mulher Ninja logo se engraçou, começamos a dançar, embolar os umbigos, oi que perigo! A Ninja gamou, aí já viu, né?
(–Sibarita, não tô comendo esse regue seu não! (Rssr) –Moça, tá com ciúmes, é? (kkk))

Começamos a dançar forró ao Som do Trio Nordestino: “Não morena teu beijo é matador/Por causa desse beijinho/ Morreram 30 de amor...” e nós aflorados naquele passinho bem de leve que não sai do lugar e vai do zero ao infinito, naquele rito, de cheira cangote em que se fica instigante, sussurrante, delirante e no arrocho a dama ao sentir a atitude que lhe leva a plenitude e de pernas bambas nos chama de sem vergonha. A Negona Ninja tem um beijo matador, envenenador. O coro comeu... aimôpai! (kkk)

Depois, na maior animação, começaram a queima de fogos. Foi muito engraçada, teve um que tirou o traque da caixa e acendeu o pavio, falhou, deu xabu! A dama agoniada fez o maior rebu, ele envergonhado disse não saber o que tinha ocorrido, porém, se lembrou dos tempos idos em que o tal do traque era um perigo, agora, a dele é um jazigo... (kkk). Outro, dizia que era o galo da rinha e, no entanto, queimava rodinha na maior ladainha, cantarolava, enquanto, a rodinha estourava e, aqui para nós, eu não sei como ele aguentava, já não sentava... (kkk) -Se ele era? -Ô língua ferina! (Kkk) Rodinha que eu falo, são fogos de artifícios! Ele dizia que não dava revertério, mas, era cheio de mistérios... –Como? -Eu o Silvério? -Logo eu? (kkk) -Já as damas soltavam vulcão foi a maior sensação com os cavalheiros doidos pela erupção para ver se os seus rojões entravam em ação, vocês imaginam a danação? Só que os rojões acesos não subiram e teimavam em apontar para o chão sem nenhum poder de detonação, ou melhor, de explosão, só piavam: piu, piu, piu... que judiação! (Kkk) Os cavalheiros naquela aflição imploravam aos Santos por uma solução, as damas ávidas e às gargalhadas gritavam: esses rojões não são de nada, são águas passadas, mas, que ousadas! Foi um Deus nos acuda e os rojões nem aí... (kkk)

Tiramos muitas fotos, eu não sou chegado a isso, porém, a Ninja pediu meu ¾, não sei se era para dependurar na parede do quarto ou se era para colocar na boca do sapo, você aí o que acha? - Como? - Xiiiii... Pé de pato, bangalô três vezes... (kkk)

Mais tarde dançamos quadrilha, que maravilha, o marcador Zé Enganador até que se esforçou, tirado a conquistador, ele sempre se enganava no passo do beija-flor quando aproveitava para beijar dona Fulô, deu zebra e o bicho pegou! (kkk) João Mutreta, o par de dona Fulô se retou e Zé enganador quase apanhou, que horror! (kkk). Lá pelas tantas começou chover foi um Deus nos acuda as damas correndo para não desabar a maquiagem que era a blindagem para ficarem bonitas aos olhos dos rapazes... Você sabe, o tempo pesa e não se dá jeito nem com reza e a mulherada que se preza usa pinturas que embeleza e sem ela, deixa de ser a bela para ser a velha. (kkk)

Pensando bem, elas vão dizer que eu não valho um vintém e que por isso sou carta fora do baralho... (kkk). Como vê meu São João foi muito divertido, descontração total e nada formal, melhor do que isso só dois melhoral... kkkkk.

O Sibarita

8 comentários:

Olhos de mel disse...

Oie Siba que legal! São João é uma festa porreta! Acho que é a melhor do ano. Principalmente porque todo mundo brinca.
Boa semana! Beijos

E.M disse...

Eita festança da boaa rapa!!
eelaia bora farria esquece os problemas da vida :D

VIVA SÃO JOAO!!
olha aaa cobra....
kkkk

linda semana pra ti..:D

Bandys disse...

OI Siba,

Esse vídeo legal demais.
E essa festa hein??Com Ivete Sangalo chique nos urtimo. Ainda vo numa festa dessa, ai se vou.
Ainda num pulei fogueira não, aqui no Rio só se falava em Rio +20 e eu fiquei foi em casa. Mas essa semana tem uma festona em Minas e essa eu não perco não. Depois eu venho com as novidades.

Um beijo pra vc e um raminho de jasmim pra perfumar teu dia.

Claudinha ੴ disse...

Eita que homi danado! De Veveta a mulher ninja, de forrós , mas se cuide. Acho que sua foto está na boca do sapo.hahahaha. Um beijo!

Evanir disse...

Muitas vezes achamos que não temos mais o que fazer, que desistir de tudo é mais fácil,
que continuar a lutar seria exaustivo, um fardo por vezes insuportável.
infinitos problemas que atravessam nossa vida quando menos esperamos, nos levam ao desânimo e ao medo,
à noites em claro o cansaço. Acontece com todo mundo, mas às vezes parece que só acontece conosco.
Muitas pessoas acreditam que sou muito forte e que tiro tudo de letra mesmo vivenciando experiências difíceis.
Verdade que sou forte, que luto, que acho forças aonde não existe mais nada.
Verdade também que não desisto fácil, que sou determinada e que sou teimosa
Eu fico triste sim, eu choro, eu me desespero, eu me irrito, mas hoje muito menos que antes.
As dores me ensinaram a respeitar a vida,
Sei que hoje que a passagem pela Terra é curta.
E resolvi fazer o melhor uso possível dos meus dias.
Não me rendo ao pensamento que a vida é só uma sequência de problemas, a vida é também uma sequência de soluções.
Mas, elas existem e podem demorar, mas vêm.
Luto muito, mas nada disso seria completo se eu não tivesse fé.
E se sou forte, é porque sou uma mulher de fé, e minha força vem de Deus.
Minha tarefa ou minha missão esta quase completa.
Fico imensamente feliz em ter você fazendo parte da minha vida.
tudo que mais desejo é ter sempre a sua amizade
para mim tão preciosa.
Sempre vou te agradecer pelo carinho e amor
que recebo de você.
Hoje vim te deixar um carinhoso beijo
também matar as saudades.
Carinhosamente.
Evanir..

Uma aprendiz disse...

Oi, Siba

você chamou, eu vim.

Sabes que tenho a maior preguiça de ler kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Nas poesias eu me delicio, deixe estar que volto em breve.


beijos

Bruna Araújo disse...

Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

ontendency.blogspot.com

Anônimo disse...

Oi Siba!
como sempre suas historinhas de SãoJoão, São Pedro e Santo Antônio, são maravilhosas, me acabo de rir.
Todas as festas juninas são boas, desde as comidas até as danças...
Esse ano estou no Piauí curtindo aqui...
Uma semana de muita paz, luz e amor.
Regina Coeli