segunda-feira, agosto 06, 2007

RELEMBRAS COMIGO...

Relembras Comigo...

O vento cortava o frio da noite o teu corpo colado ao meu peito!
No horizonte, a lua, calma e divina aclarava o teu jeito brejeiro,
No ar, exalava o teu cheiro campestre de jasmim e sobre o leito
O teu corpo palpitava estremecido na ardência dos meus beijos.

Os teus seios virgens, faróis acesos, os meus lábios banhavam de amor,
Teu belo porte de mulher descortinou ante o meu desejo que te acolheu.
Em êxtase, os teus olhos reviravam nos suspiros a noite nascida em flor
Invadindo o teu castelo de volúpias em que a lua enciumada se rendeu...

As tuas mãos como a brisa acariciavam o meu corpo em anseio fecundo
Das carícias inocentes que eu me entregava aos teus caprichos profanos.
Era o amor na sua plenitude mostrando no que existe de bom e profundo,
Sob o alado galopante de todos os encantos guardados nos teus arcanos...

Ai! Os teus segredos na luxúria do amor se entregaram sem razão,
Que razão é coisa dos amantes banais! Em desejo, passo, ante, passo
Sereia do meu norte incondicional, eu sob o rogo da desmistificação
Penetrava por tua fenda negra na procura dos teus orgasmos intactos...

A tua nudez dourada era teia me prendendo e na sanha me devorando!
Da tua fome deixando correr a lubricidade de todos os anseios, o ápice,
Refletia nos nossos espasmos toda vinha dos gozos sem fim e, ecoando
Sob os lençóis caímos de boca a boca como se fosse o primeiro cálice...

Mas, hoje, o que sois para mim? Imagem absorta como o teu próprio amor!
Sonho-te, despindo-a lentamente em pura brisa. A vontade se despe firme,
Finalmente nua, desenho-te, penetro por teu olhar atrás da tua alma, na dor
A acorrentarei aos ferros na estaca dos desejos do meu pensamento livre...

O Sibarita

12 comentários:

O Sentir dos sentidos disse...

Que coisa mais linda!!!!!!!!!
Que coisa mais linda!!!!!!!!!!!
Que coisa mais linda!!!!!!!!!!!

Siba...Sibinha de Deus!!!

Eu quase morro aqui...por ler tanta beleza e encantamento.És de verdade um mestre na escrita meu querido.

Beijo....sem kkk viu? a coisa é séria!!!...Não senhor..num tem kkk não.mas não resisto...kkk...Bjs.

O Sentir dos sentidos disse...

Eu novamente:
Num é nada não...eu só voltei para ler outra vêz...Tão Lindo Siba.
Ai, ai...é bom ler coisas assim...é bom ler amor...em poesias,prosa, canto, canções...Ah! o AMOR!!!

Ô SEU Siba você sabe escrever bacana viu? kkk...ai meu Deus do Céu.
Outro Beijo meu lindo,

Leticia Gabian disse...

Cumpadi,
É, né?... Depois me pergunte uma coisa, tá? Hum! Ôme quar!
"Ele tá de olho é na butique dela, ele tá de olho é na butique dela".
Fecha o corpo, cumpadi!

As suas (re)lembranças estão cheias de paixão, de desejos, de vontade. Muito bem!

Beijão

Maria disse...

Que lindo, Sibarita, tão sensual, tão delicado, tão bonito....
... continua de pensamento livre... assim...

Beijo

pessoa nenhuma disse...

simplesmente amei..e como prova (perdoa-me a audácia) vou adicioanr o teu link no meu blog, para mais facilmente aceder e te ler...
até breve.

Renata Belmonte disse...

Ah... A memória é a única coisa que realmente temos, né?
Abraços,
Renata

Sonia disse...

Belo fundo musical para um poema. amo este concerto.
E seu pai, está melhor?

Kalinka disse...

Amigo SIBARITA

QUE LINDO...
FIQUEI RENDIDA �S SUAS PALAVRAS.

A minha alma est� vazia,
o meu cora�o muito triste,
deixo-te uma poesia
da querida Sophia.

A hora da partida soa quando
Escurece o jardim e o vento passa,
Estala o ch�o e as portas batem, quando
A noite cada n� em si desla�a.
A hora da partida soa quando
as �rvores parecem inspiradas
Como se tudo nelas germinasse.
Soa quando no fundo dos espelhos
Me � estranha e long�nqua a minha face
E de mim se desprende a minha vida.

Beijitos.

Simone Iwasso disse...

belo texto... e obrigada pela visita! voltarei por aqui mais vezes... um beijo!

Carina disse...

Olá!
Obrigada pela visita, te espero mais vezes lá. ;)

E é incrível como as lembranças nos fazem sentir tudo como se fosse nesse istante. Parabéns, vc soube muito bem transmitir isso.

Beijo.

Nara Senna disse...

Olá... Ainda estou rindo aqui por causa de sua reprodução perfeita da nossa baianidade. rsrsrs...
Bom, mas agora deixa eu falar algo muito importante. ADOREI SUA POESIA! E se isso não bastar, adorei sua reprografia de desejos.
ADOREI!

Bj

Luíza disse...

Nossa... exasperante a tua forma de dizer o amor. Posso chamar de amor, não?

Volte sempre ao meu blog, que eu voltarei aqui com certeza!

Abraços