sábado, outubro 04, 2008

MOÇA

Moça

Ai! Esta réstia de lua rasgando a noite em Jauá
Para tu surgir do orbe nesse poema reluzente
Onde quer que me acicates volúpias de te amar
Nas bordas do querer desta alma irreverente...

Moça, todas as deusas se entregam às vontades!
Junto aqui as minhas às tuas, vem dormir comigo
Nesse chamamento, em ti, a curiosidade deságua.
Sei, virás: é um leito de rosas e lençóis de jasmim...

Beijar-te-ei a boca para que os céus untados
Em provocantes desejos nos aflorem libertos
De puritanismos e sobre a cama entrelaçados
Nossos corpos se entreguem aos descobertos...

Tens os olhos inocentes, inocentes de saberem tudo
É que atrás do teu olhar há outro com fogo libidinoso
Abrindo as asas das tuas fantasias, onde, do teu púbis
Escorrerão cuias de mel no frescor de todos os gozos...

Fia! Entreguemos-nos em plenas chamas desejosas,
A chama escrava andará em nossos corpos sem véus.
Tu, eu e os sussurros em montes de pétalas de rosas
Ao bel-prazer crescente cavalgando dos nossos céus...

Valha-me Deus,
Nosso Senhor do Bonfim!

O Sibarita

Jauá – Praia, município de Camaçari/Bahia litoral norte de Salvador
Moça (Baianês) - Nome que chamamos uma mulher com intimidade.
Fia (Baianês) – Nome carinhoso ao chamar uma mulher que se quer bem.

24 comentários:

bat_trash disse...

Eita paixão retada que reluz tal qual lua cheia em noites de Jauá. E viva o Senhor do Bonfim!
Um xêro baiano porreta!

bat_trash disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Etelvina disse...

Hummm, essa praia promete. kkkkkk

Juizo, neguinho!

Adorei o poema, como sempre.

Parabéns!


beijo paulista na testa

paula barros disse...

Fio (forma carinhosa de uma pernambucana chamar um homem que se quer bem rsrsrs)

Fio, só posso desejar que a Moça entenda e atenda os seus chamados.

Com esse coração lindo que você tem, com seu jeito especial de se dá, com esses poemas cada vez mais apaixonado, essa Fia, já devia tá aí, se não foi, tá perto de chegar.

Querido, gostei muito, muito. Emocionante. Do romântico, carinhoso, para o sensual. Seu jeito de ser.

beijo

Mary disse...

MEU ANJO!!!

VALHA-ME DEUS DIGO EU, MARAVILHOSO, FANTÁSTICO, APAIXONADAMENTE SIBARITA. ESSE TEU POEMA É NADA MAIS QUE INCRÍVEL, SEDUTOR E POÉTICO NA DOSE CERTA. FAZ COM QUE ( INDISCRETAMENTE) PENETRAMOS NO TEU MUNDO PERFUMADO DE JASMINS, ROSAS E PRAZER.SÓ POSSO DIZER " AI , MEU DEUS"!!!
UM MONTE DE BEIJOS GAUDÉRIOS DA TUA GURIA

Maria disse...

Não sei comentar este poema, Sibarita, de tão lindo que é... não sei mesmo...
Adorei o poema.

Obrigada

Beijos

Olhos de Mel disse...

Siba, lindinho,ler-te assim... sei não, viu? Abrir as asas a fantasia, tem coisa melhor entre duas pessoas, vivendo a mesma emoção? Sussurros, cavalgadas, pétalas de rosas... aff! Uma doce loucura voando nas asas do fogo da paixão.
Você esta numa fase maravilhosa! E eu, amando e admirando, cada verso de suas poesias.
Bom domingo! Beijos

Deusa Odoyá disse...

Olá meu doce fiô, amigo Sibarita.
Não tenho o que comentar,estou emocionada com tanta paixão, amor, cumplicidade, entregas, volúpias, prazeres e muito amor.
A sua moça, a sua deusa, deve estar dando pulos de felicidade, pois sabe que é amada também.
Meu doce fiô, como é lindo sabermos o quanto somos amada, e nesse poema, vcs. dois estão completamente apaixonados.
Parabéns e felicidade por essa dádiva de deus, pois nosso senhor do Bonfim os unam cada vez mais.
Que suas almas brilhem uma de encontro da outra, sempre mergulhadas nesse fogo de paixão.
Que seu domingo em Jauá, lhe possa trazer a paz e muita luz.
Um beijo com muito carinho.
De sua amiga de sempre.

Regina Coeli.

Bandys disse...

Siba,
Tens os olhos inocentes, inocentes de saberem tudo
É que atrás do teu olhar há outro com fogo libidinoso
Abrindo as asas das tuas fantasias, onde, do teu púbis
Escorrerão cuias de mel no frescor de todos os gozos.


Eita me lembrou a dona do raio...a moça que arrebata um coração com seus ventos e tempestades.

"O raio de Iansã sou eu
Cegando o aço das armas de quem guerreia
E o vento de Iansã também sou eu
E Santa Bárbara é santa que me clareia."


Acho que voce se apaixonou mesmo de vez...kkkkkk É meninuuu, chama todos os santos!
Pra essa moça ouvir e ler essa linda declaração.


Beijos

Quase Trinta disse...

Eita que essa moça de olhar inocente tem deixado vc muito inspirado hein..rs

Deusa Odoyá disse...

Òi meu neguinho Siba.
Todas as nossas amigas da blogsfera
estão te elegendo o mais novo apaixonado, mas quem será.......
Tenho certeza que és amado plenamente também.
Apesar de blog não ser para esse tipo de comentário, não tem como negar, a sua deusa, a sua moça, deverá estar radiante perante essa declaração.
Que nosso senhor do bonfim diga amém a vcs.
E que abençõe essa felicidade.

A sua poesia é de um homem muito doce, carinhoso e apaixonado.
Parabéns, é dificil hoje em dia ,alguem homenagear e declarar seu amor por algúem.

Só mesmo um ser muito iluminado e feliz como vc, uma pessoa madura e de uma religiosidade , sem igual.


Beijinhos em vc. e painho.
Bom domingo e que mestre jesus lhe abençõe sempre. Com muito carinho, de sua amiga de sempre.
Te gosto meu anjinho.

Regina Coeli.

Juliana Lira disse...

Oh menino arretado!!!
Esse poema é carregado de pimenta hein?Adorei,eita que essa de inocente só tem o primeiro olhar rsrsrs

Pois é só se aprende levando
topada e pagando mico kkkkk,mas já tô ajeitando meu bloguinho.

Olha 2x vc me deu uma dica e eu ainda não entendi,descupa,mas que verificação de palavras?


Brigadão pela visita e pelo apoio moral.

Beijos Jú

GUILHERME PIÃO disse...

Primeira vez que venho, gostei muito.
O banner é um show a parte.
Abraços

Peter Pan disse...

Talentoso Amigo:
Qualquer moça se derreteria por palavras majistrais deste amor tão intenso.
Tomara eu escrever assim.
Tanta genialidade e beleza expressas em fantásticas palavras para os delicioso olhares femininos.

Abraço Grande.
Com respeito e estima.
Sempre a admirar o que escreve com espanto.

p.pan

Juliana Lira disse...

Oi

Obrigada pela explicação,pode entrar que já ajeitei aquilo rsrsrs
estou te linkando viu?


Beijos juliana

Corações & Segredos disse...

Olho o mar,
ora verde, ora azul, mil ondas...
Espumas e conchas se tocam
se encontram, convergem.
Parecem violetas brancas
em fundos azuis!
Da cor do olhar,
imagens perfeitas
reluzindo do céu...

Beijos de saudades meu dengo!

Juliana Lira disse...

Olá, grande poeta nordestino!!!

Tem selinho de presente pra vc lá no blog.

Xero

Deusa Odoyá disse...

Passei para lhe dar um oi:
Repleto de muito carinho e luz.
Recheado de muita fé e forte como uma energia.
Embrulhado de esperanças, amor e alegrias.
E para painho, muita saúde.
Beijos fiô, de sua amiga de sempre.

Regina Coeli.

HNunes disse...

Sibá, depois de ler o que escreveste fiquei com vontade de dizer "sim eu vou"... KKK isso, Valha-me Deus Nosso senhor do Bonfim.
Assim quebro o meu silêncio.
Gostei
Bjos
L.

mundo azul disse...

É um belo poema!!! Versos inspirados para um grande amor...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

Leticia Gabian disse...

Êita!!!!!!
Affff Maria!
Haja volúpia!!!!!!
Cumpadi, tás que tás!!!!!


Beijo grande

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Olá Sibarita!

Andas um tudo nada errático...
Pouco trabalho ou muito trabalho??? O blogue ressente-se - mas estou certo de que é o que podes arranjar...

Cá estamos. Desta vez, creio que sem problemas. Mas, quem sabe? Tive um ror de chatices com o Google, o Gmail, uma data de porras! Mas, aparentemente os imbróglios estão ultrapassados. Assim seja. De qualquer forma – mudei tudo uma vez mais. Por isso, regista, por favor:

hantferreira@gmail.com

www.aminhatravessadoferreira.blogspot.com

Espero que seja esta a versão definitiva deste meu (e teu) blogue. Já bastou o que bastou. Apenas deixo aqui um propósito: continuar o que já tinha(mos) feito e, da minha parte, tudo fazer para que ele seja ainda melhor do que os anteriores, «mortos em combate»…

Vem aqui, como já o fizeste nos dois outros «definitivelmente» falecidos na generalidade e na especialidade (RIP). Deixa comentários, escreve, colabora, manda fotos – insulta-me se assim o entenderes. Os gordos têm costas largas… Fico à tua espera, com esperança qb e uma pitada de ansiedade. Sal & pimenta & coentros à vontade do freguês. Bem-vinda(o)

@@@@@@@@@@

…E ATENÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

NOVO CONCURSO

… E QUANTO A VOLUMES

Gente boa*

Aqui está um novo concurso, o primeiro deste blogue. Herança do falecidos anteriores (RIP), é mais uma iniciativa do Sorumbático (http://sorumbatico.blogspot.com), agora acompanhado pelo A Minha Travessa do Ferreira (http://aminhatravessadoferreira.blogspot.com). Este passatempo tem como prémio um exemplar do livro cuja capa e contracapa aqui se vêem.

O desafio consiste em, até às 24:00 horas do dia 14 (terça-feira), tentar adivinhar qual o volume do livro (em centímetros cúbicos).

NOTA: a obra faz parte de uma oferta da editora Occidentalis ao Sorumbático, onde dois exemplares já foram sorteados; este é o 3.º, e é reencaminhado para aqui.

______
*Desculpa-me se me enganei…

Kátia disse...

Adorei a foto da moçoila.E o texto nem se fala hein?Cheio de inspiração.Eta Jauá!Me enche de saudades.
;)

Oliver Pickwick disse...

Sensualidade a baiana. Melhor ainda, a baianês. Só mesmo você pra reunir com a maior naturalidade o profano e o sagrado.
Um abraço!

P.S.: atualização concluída com êxito...