sábado, setembro 27, 2008

SONETO

Soneto

Ando sobre mares, sobre calhaus e viestes pelas bordas.
Na porta do meu coração percorrem sentidos que almejo
Do aclive da lívida aurora em que os nossos azuis se soldam
Nesse soneto de ti mesmo feito com muita fome e desejos...

Se nas tuas perguntas te pareço, assim, tão misterioso,
Olhei-me a mim e aos meus poemas com se tu olhasses
E não sei, mas, sei... E há pouco tempo, olhe-me de novo
Porque o que eu vi era paixão como se tu me desejasses...

Olhei-te! E há tanto tempo, sossega coração, o amor pousa
Nesse teu olhar tão doce debruçado sobre minhas palavras
Vestidas na chama inapagada, a eterna chama, da lua nova...

Não existem brenhas e há respostas, o que eu vejo não me vê
O que me nutre flui de mim em luz sem mistérios e na ignição
Sinto e ouço o pulsar da paixão no teu coração, ai de mim!

O sibarita

28 comentários:

Bandys disse...

Sibaaaa,
Eitaaaaaaaaaaa que dessa vez tu se paixonou??

Ja sei. Tu é um apaixonado pela vida! E pessoas apaixonadas pela vida, amam, ouvem o pulsar da paixão...

Olhei-te! E há tanto tempo, sossega coração, o amor pousa
Nesse teu olhar tão doce debruçado sobre minhas palavras
Vestidas na chama inapagada, a eterna chama, da lua nova...


Lindooooooooooo!!
beijos

To melhorando...mas o gesso só dia 17/10.

Olhos de Mel disse...

Siba, sinceramente, fiquei perplexa diante de tanta beleza, tanta paixão! Nossa lindinho, esse soneto é puro carinho...
Bom domingo! Beijos

Mary disse...

OI MEU QUERIDO

DESSA VEZ ESTAS ME FAZENDO LEMBRAR MACHADO DE ASSIS, COM ESSA PAIXÃO, ESSA ENTREGA. PARECES "BENTINHO" EMBEBECIDO POR "CAPITU". MUITO LINDO, LÍRICO. SIBARITA, ÉS COMO VINHO DE EXCELENTE SAFRA, MELHORAS COM O TEMPO OU SERIA COM A PAIXÃO? PARABÉNS E OBRIGADA POR DEIXAR MEUS DIAS MAIS "COLORIDOS" COM TUAS POESIAS. UM BEIJO NO CORAÇAÕ, DA TUA GURIA. FICA COM DEUS!!!

Deusa Odoyá disse...

Olá meu querido amigo.
Quanta paixão escondida em seu coração.
Deixe fluir, entre seus poros esse seu doce encantamento.
Seja feliz e faça sua musa feliz também.
Muito lindo, seus sentimentos, deixe aflorar a eterna chama da lua nova.
Vc. é realmente muito sedutor em suas palavras.

Beijos Siba.

Regina Coeli.

Etelvina disse...

Oi, Sibarita

gostei do soneto. Muito lindo.

Posso postar no meu blog?

E concordo com as meninas, vc me parece apaixonado.

Mas como todo poeta é um eterno apaixonado, só vc sabe a verdade.


bons sonhos

um beijo paulista na testa

Maria disse...

Eita cumpadi de minha amiga-irmã!!!!!!
Apaixonado assim? Ai de si, também digo...
Não esqueça que o "amor é fogo que arde sem se ver", faça fé!

Beijos, Sibarita
(tenho estado com problemas na net para abrir o seu blogue e outros. Agora que consegui vou ficar mais um pouco a ler o resto. Bom domingo)

bat_trash disse...

Preciso do seu e-mail. Deixe em minha caixa de comentários que depois eu apago.
Bat Kiss.

bat_trash disse...

Eu adoro os seus poemas.

Grace Olsson disse...

apaixonado, belezinha?estava demorando....kkk
beijos e dias felizes

biazinha disse...

Recado recebido e contente pela resposta.

Beijos.

paula barros disse...

Oi, fio.
Estou meio engasgada com tanta beleza. Com tanto amor. Suas palavras são chamas em meu peito, que me chamam.
O seu pulsar de paixão, faz o meu coração pulsar.
Contigo não há mistéiro, há pessoa, há sentimento, paixão, desejo, esclarecimento, amor, carinho.
Fio, o seu soneto tem música própria dos apaixonados que toca em mim.
Lindo, tudo, lindas suas palavras, lindo tu.

beijos de carinho.

Leticia Gabian disse...

Cumpadi,
Hummmmmmm!
Se ouve e sente o pulsar da paixão no coração dela... Tá tudo em casa!

Melhor do que escrever bem sobre a paixão é a gente poder se entregar a ela, de corpo e alma, sem medo de ser feliz.
Vai fundo, cumpadi!!!!!!!

mundo azul disse...

Um soneto muito bonito!

Inspiração de um poeta apaixonado...
Amores correspondidos não doem, meu amigo!


Beijos de luz e uma semana feliz!!!

Deusa Odoyá disse...

Oi Siba, meu neguinho.
Voltei a ler. Não vou me cansar de ler seu soneto, um coração transbordando de amor e carinho, paixão e entregas.
Tudo de bom, para ser vivido a dois.

Aí está resposta que eu queria.
Um ser apaixonado, com muita fome de ser amado, se entregar de corpo e alma a sua musa.

Lindo, lindo, como vc. em tudo que vc. faz.


Beijos e beijos em painho.

Regina Coeli.

Quase Trinta disse...

que texto mais apaixado, dá pra ver os corações pulando aqui desse lado da telinha...rs

Olhos de Mel disse...

Siba, lindinho, será que vai nos revelar por quem esse coraçãozinho ta batendo tão forte? Feliz dessa, que foi privilegiada com tanto amor, tanta paixão...
Beijos

São disse...

Hey, Sibarita!!

Se enfadou por algo que fiz? Se sim, as minhas desculpas.

O soneto está para não botar defeito e a música para ouvir e ouvir e ouvir...

Deus o guie.

Corações & Segredos disse...

Meu dengo!!
Fico sem palavras diante do que leio.
Adoro seus poemas,,,
Carinho de RO!
Saudades

Carla disse...

olhar com o olhar com que o outro nos vê...que belas as tuas palavras
beijos

bat_trash disse...

Desejar o desejo do outro.
Bat Kiss.

Jhennifer Cavassola disse...

Tinha que vim aqui pra ficar bem. rss
:)

beijos Sibarita!

Kátia disse...

"Não existem brenhas e há respostas, o que eu vejo não me vê
O que me nutre flui de mim em luz sem mistérios e na ignição
Sinto e ouço o pulsar da paixão no teu coração, ai de mim!"


Essas são as palavras que eu deveria dizer para alguém...
Ai,ai está cada vez melhor e que venha o Amor em sua plenitude!
FELIZ HOJE!!!!!
Beijo e cheiro!

paula barros disse...

Relendo o Soneto, revendo os momentos, reacendendo a paixão. Muito bonito fio, saudades.

beijos

Deusa Odoyá disse...

Olá meu neguinho.
Estou passando para lhe dar um oi:
Repleto de carinho e muita luz.
Recheado de muita fé e forte como a energia
Embrulhado de esperanças e cheio de alegrias.
Apareça viuuuuu.
Beijos em vc. e painho.

Regina Coeli.
Saudadesssssssssss.

Juliana Lira disse...

Oi

Primeira vez aqui e já me deparo com uma perfeição dessas...
Fiquei arrepiada,que lindo soneto

Ai de mim,que agora vou ter que voltar sempre para ver essa maravilha!

Beijos Ju

Peter Pan disse...

Oh, Genial E Brilhante Amigo:
Que bonito poema escreveu.
Tem uma poderosa sensibilidade poética que encanta qualquer moça. Lindo, o soneto!
"....Olhei-te! E há tanto tempo, sossega coração, o amor pousa
Nesse teu olhar tão doce debruçado sobre minhas palavras
Vestidas na chama inapagada, a eterna chama, da lua nova...

Não existem brenhas e há respostas, o que eu vejo não me vê
O que me nutre flui de mim em luz sem mistérios e na ignição
Sinto e ouço o pulsar da paixão no teu coração, ai de mim!..."

Qualquer menina soçobraria de encanto e ternura.
Adorei. Excelente gosto na escolha magnífica das palavras sensíveis.

Abraço forte de estima.
Sempre a lê-lo com atenção e dedicação ao seu talento admirável e extraordinário.

p.pan

Parabéns, amigo!

Jofre de Lima Monteiro Alves disse...

Este texto tem força e intensidade, e até aqui nas brenhas portuguesas adorei lê-lo, esta maravilhosa prosa poética de grande qualidade. Boa semana com tudo de bom.

Oliver Pickwick disse...

Embora meio em desuso pelos partidários da licença poética, sou fã incondicional dos bons sonetos, especialmente aqueles que se enquadram academicamente nas regras. Como este, por exemplo.
Tão bonito quanto a ilustração da paisagem bucólica que escolheu para ilustrá-lo.
Um abraço!