sexta-feira, novembro 27, 2009

A RAZÃO E A PSIQUÊ

A Razão e a Psiquê

Há uma esquina no metafísico da minha psiquê
Que foge do oculto e se esconde no teu olhar!
Quem sou? Não me perguntes, não tentes saber
Contenta-te, fita-me e que te bastes imaginar...

Não finjo, há sim, um dilúvio de luz na minha alma
E na paisagem os sibilos de flechas na escuridão
Rompem em tochas o noturno da noite que se acalma
No azul dos versos, no eco do psicofísico da razão...

O meu cérebro é eletrônico no perímetro urbano,
Ele tem largas ruas, becos, labirintos e um delta
Na foz da psiquê desembocando no oceano insano
Da paixão que afoga todos os desejos na aresta...

Das solidárias sou servo... Colho os lírios da lua
E olhando das estrelas, na fé, sinos axiomáticos
Badalam na esquina do pensamento a face nua
Do fervor que brota no espaço mental somático...

Mas, trago no peito, um gramofone anunciando
Um coração partido ao meio e no zênite, o fogo
Do amor que devasta nuvens alvas reverberando
No espelho de quem me vê um anjo vesgo, coxo...

O Sibarita

16 comentários:

Bandys disse...

Ah Siba
Tu fica falando dificil ai e eu nem tô ai.
A tua Psiquê ta escondida éeeeeeeee, kkkkkkkkk.
Acho que tu tá com esse ♥ partido porque quer, ne não??

ÓOOOO deixo procê uma reflexão facim de entender...

E a cada sonho que surge todos os instantes vamos celebrar a vida em sua plenitude e vivê-la sem medo
Bebendo suas dádivas
E sorrir sem remorso por ter tentado ser feliz.
Vamos entoar um hino em homenagem à luz e absorver seu brilho
Como uma planta sedenta acolhe a água da chuva que cai aos seus pés.
Vamos fazer das lágrimas que rolam
em nossos rostos pedras preciosas
que brilham e iluminam nossos olhos.
Vamos fazer de cada espinho
a esperança de encontrar uma rosa
E de cada dor a possibilidade de um sorriso.
Vamos encarar a vida como um presente que deve ser desfrutado
E não como um fardo a ser carregado. Vamos usufruir da nossa felicidade,
Que ela é de graça e só a nós pertence. E não vamos deixar que nos cobrem por ela.
Vamos sorrir sem medo de mostrar ao mundo que somos felizes porque não há pecado algum em saber aproveitar os presentes
Que Deus nos dá todos os dias.
Vamos simplesmente
Viver!!!


Beijos e + beijos

SAM disse...

Siba, que bonito! Por vezes não entendo um vocabulário muito culto. Mas a sensibilidade nada passa, quando atenta a leitura. Então leio com o espírito. E mesmo melancólico, seus poemas são lindos.



Carinhoso beijo, amigo querido!

Deusa Odoyá disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Barbara disse...

Posso ser sincera?
Achei todas as imagens do poema - texto, de beleza mas confesso que deu vontade de te escrever, que ao ver um anjo vesgo e coxo, a primeira coisa que eu faria , seria convidar prá umas batidas e uma conversa onde certamente, eu aprenderia muito com o anjo.
Não liga não - sou assim mesmo.
Obrigada.

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

levanta a cabeça anjo e deixe q as tochas de luz inundem seu coração e sua psiquê!!ainda bem q foge do oculto, vc não quer ser esconder,kkkk

vc é divino nos poemas!!alma grande, rica, sábia!!
sou espírita sim,kkk
pratico tb os ensinamentos da Seicho Noie Mestre Masaharu Tanigushi, mas claro, Jesus,meu mestre sempre,Chico Xavier é meu ídolo...
deixarei algo pra vc:
"mas se pelo espírito mortificar as obras da carne, viverei" - Paulo de Tarso (Romanos 8:13)
Quem vive segundo as leis sublimes do espírito, respira em esfera diferente do próprio campo material em que pousa os pés...vale-se do dia qual aprendiz aplicado estima na permanÇencia sobre a terra, valioso tempo de aprendizado que não deve menosprezar...
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
xeru arretado pro cê, vc é luz visse??? obrigada por seu meu blogamigo!!!suas palavras no meu blog me animaram, tenha certeza, que os mentores de luz e amor, tb,possam te guiar e iluminar cada vez mais!!
bj na alma!!
Elane

VANUZA PANTALEÃO disse...

Siba, oxente!
Cumé que um baiano ousa chamar uma alagoana de preguiçosa?Rsrsrs. Isso dá briga de peixeira, seu cabra!
Olhe qua agora ando com a macaca, com as cachorra...ixi! E ainda tô na menopausa e na TPM. Sentiu?
Anda lendo aquele paraíba doido do Augusto dos Anjos?
Axiomático, vesgo, coxo e rompendo em tochas...rompendo? Êpa!
Mas tudo bem! Baiano num briga com alagoana, depois a gente combina uma buxada com acarajé lá no Pelourinho, de lá vamos pra Pajussara...êeeee Maceó!
Tu só faz isso comigo porque te amo, seu danadinho!
Beijinhos, beijinhos e...beijinhos!!!

paula barros disse...

"Colho os lírios da lua"

Achei lindo, gostaria de ter tido essa ideia.

beijo

paula barros disse...

Oi, fio, olha eu aqui de novo.

Me vi e me senti no seu poema. De esquinas e labirintos na mente, na alma.

"Quem sou? Não me perguntes, não tentes saber
Contenta-te, fita-me e que te bastes imaginar..."

As vezes me sinto assim. As vezes gostaria falar mais de mim. Dizer quem imagino ser.

beijos no seu coração, e tudo de bom.

Desnuda disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK


Tenho pena do sapo, Sibarita! Bichim não merece esta indigestão, não! Vai no Procon? Vixe! kkkkkkkkkkk

Enquanto fico " suspensa dos Jardins da Babilônia", vou rodando a baiana de muitas saias nas giras, cumpadi. Prá modi di amarrar e colocar no piche os espíritos de porco kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Beijão!

Desnuda disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK To rindo muito..Agora que percebi que Desnuda parou na postagem 69 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

pessoa nenhuma disse...

simplesmente...
soberbo.
unico.
diferente

(surjo depois de um periodo de ausencia)

Uma aprendiz disse...

Bom dia, Siba

Entender tudinho, não entendi não. Oc sabe que sou cabeça dura, a inteligência é curtinha que só e ainda sou loira de farmácia kkk

Mas, que senti, senti. Achei linda.
Mas sou suspeita, né não?
Pois gosto de tudo que escreves pois sei que escreves com o coração.

Beijos, de sua amiga paulista

e um lindo domingo pra vc e sua família

Pena disse...

Admirável e Genial Amigo:
"...O meu cérebro é electrónico no perímetro urbano,
Ele tem largas ruas, becos, labirintos e um delta
Na foz da psiquê desembocando no oceano insano
Da paixão que afoga todos os desejos na aresta..."

Parabéns sinceros. Adorei.
Grandioso. Enorme de arrebatar e cativar.
Um poema DIVINAL!
Abraço caloroso de amizade sincera.
Sempre a apreciar o que talentosamente "constrói".
Maravilhado...

pena

Excelente, fabuloso poeta amigo.
Bem-Haja!

Layara disse...

Meu anjo, o amor lá tem razão?

tem não, meu Rei.

A razão do amor está todo no olhar da musa.

ah! essa musa atingiu a Psiquê com flechas de amor, Eros apaixonado...

ame meu lindo que nos presenteia com lindas palavras.

Beijos!

Oliver Pickwick disse...

Cerebral e quase gótica. Mas nem por isso, ausente de sentimentos. É uma teia luxuosa de palavras. "Luxuosa", neste contexto, não tem nada a ver com Armani, Dolce & Gabbana, Prada, e outras inutilidades do gênero. Umas das suas melhores.
Um abraço!

P.S.: E aí? Gostou da outra mana? :)

Melanie B. disse...

Anjo Coxo é...kkkkkkkkkkk
Triste nao??!

Tu escreves divinamente bem!E nem nos obriga a ser amigos fies do Aurelio, nota-se a simplicidade e força da escrita em casa estrofe!!
Um gRandíísiiimOo Bjoo'

E amo tuas visitas...