quarta-feira, novembro 14, 2012

O CIRCO

O Circo
“-Hoje tem marmelada? - Tem sim senhor!”

Senhoras e senhores, adorável público... Boa noite!
Versando à amada, ali está, o palhaço em evoluções.
No globo da morte, o amor faz e acontece nos açoites.
Encerrando o espetáculo! Ele, o domador de emoções...

Amada, entrego-te o coração escrevendo o teu nome
Sob a lona desbotada deste circo, agora eu, o palhaço
Arranca gargalhadas da plateia no fel do teu assombro,
Enquanto, no trapézio, animo o céu dos meus farrapos!

No suor das gargalhadas nasci palhaço para te amar
E desse picadeiro abro consulta ao livro dos oráculos.
Avoco, digo o teu nome, em resposta vejo o teu olhar,
Costuro no então a lona rota na seiva do espetáculo...
Reinvento a inocência brincando de ser palhaço
A melhor parte! No picadeiro como berço do riso
O meu coração faz acrobacias ao léu... Disfarço
E clamo aos espectadores que rimem flor e dor!

Dar-te-ei o sol das copas orvalhadas do meu olhar
E nas peripécias do teu coração... Laço e enjaulo!
Amor felino! Eu, o domador de emoções sob o luar
Desta lona rota e nesse trampolim, balanço, caio...

Admirável público meu cordial muito obrigado,
Encerrando este espetáculo bradem comigo!

"O raio do sol suspende a lua,
Olha o palhaço no meio da rua...”
O que é que o palhaço é? Ladrão de Mulher!
Zé Corró


7 comentários:

Olhos de mel disse...

Zé Corró, que bom que ainda existem esses palhaços que fazem o espetáculo ter um brilho diferente. Essa era a magia e encanto dos circos de antes.
Viajei nesse lindo poema! Revivi os bons tempos dos velhos circos e nos sonhos do palhaço, ladrão de mulher...
Fantástica a figura de linguagem, a construção de cada verso pra falar de amor e paixão.
Já pensou que maravilha esse sol das copas orvalhadas do olhar do amado? Quem não gostaria de ser laçada e enjaulada, por esse sentimento?
Amei! Beijos

LUZ disse...

Olá, Boa noite!

Mistura muito bem o circo com o amor em seu poema.
Palhaçada pra disfarçar o público, os outros, que, no entanto, já perceberam as intenções do acrobata.
Tem frases lindas, de que não me consigo lembrar, devido à janela de comentários, mas são de uma beleza e sensualidade gritantes.

Palhaço não é aquele que "rouba" mulher. Palhaço é aquele que a faz rir e lhe proporciona bons e inesquecíveis momentos.

Luz

Smareis disse...

O circo é uma arte, e o Palhaço é o verdadeiro magico do circo, pois faz a mais bela das magicas,que é arrancar risos da platéia.
Seu poema tem alma de palhaço. Belo!

Adorei passar aqui e fico seguindo.

vieira calado disse...

Bem arrumada a questão do palhaço!
Afinal, uma vez por outra,
todos somos palhaços.
Uns com artes. Outros sem nada.
É a vida!
O meu abraço.

Claudinha ੴ disse...

Homi, seu minino! Que saudade que me deu da infância, e da gente cantando errado: afasta o sol suspende a lua, olha o palhaço no meio da rua....
O palhaço era para todos uma alegria, mas para mim, um terror, porque tinha medo do rosto que me olhava por detrás da maquiagem. Mesmo assim, Carequinha e Arrelia eram meus queridíssimos! Adorei seu espetáculo e seu encantamento para conquistar corações! Um beijo!

Bandys disse...

Pra esse palhaço eu tiro o chapéu.
Porque vemos tantos palhaços no dia a dia, achando que nós é que somos os palhaços.


Mas não acho que ele seja ladrão de mulher...enfim


Beijos Siba, Zé Corro, e lelezado(é isso)kkk

Evanir disse...


A verdadeira amizade jamais é esquecida
por mais distante que eu esteja meu pensamento estará sempre contigo.
Linda é nossa amizade estou passando por uma chuva
não chamaria de tempestade , pois tudo Jesus resolve.
Sem sua amizade e dedicação não teria sido possivel continuar
meu coração faz uma festa quando vejo seu carinho no meu blog.
Nessa segunda feira estou passando para desejar uma semana abençoada por Deus.
E aproveitar para deixar meu carinho e mil beijos meus.
Carinhosamente ,Evanir.
Devagar Voltando...
Amiga voltei no meu tempo de criança na sua linda postagem.