quinta-feira, novembro 01, 2012

LEVEZA

Leveza
 
Flores, frutos da primavera e o amor a mil,
Coração calçado, sandálias da tua paixão,
Delicada graça, viril no canto do bem-te-vi.
Amanhecer, beijos em bolinhas de sabão...

Lua de pirambeira, tuas curvas acentuadas,
Ornamentos e adereços no teu corpo inteiro.
As tuas asas de anjo em mim toda avexada
E nos céus de Jauá: ancoradouro, desejos...
 
  Barrocos, sossego, o mar: frescas paragens,
A brisa soprando o ar salutar da mulher fatal.
Simetria: a boca, o seio e o quadril, detalhes,    
Arras de lirismo, o fino no teu todo essencial...
  
Gostosura benfazeja da paixão em santuário,
Deleite, candeias de luas que em ti se revela
No sumidouro de querências, voo imaginário,  
Respiro, piro, levito pelos teus becos e vielas...
 
 Para alcançar-te em pleno canto das delícias
E com a força do sol, a luz dos desejos, te vê,
Bem assim, ao léu, despudorada nas carícias.
-Jogo de corpos em linha direta com o prazer...
 
 O Sibarita
 
Humaitá Web Rádio a boa!



9 comentários:

Paula Barros disse...

Não sei se os poemas postados são recentes, ou apenas escolhidos para virem ao blog. Os últimos postados estão excelentes, cada um melhor do que o outro.
Parabéns. abraço

Olhos de mel disse...

Nossa Siba! Que delícia te ler, viu? Rapaz... ta demais, viu?
A paixão é o alimento do amor, que despudoradamente, deseja e fomenta esse sentimento, com todo ardor...
Lindo Siba!
Bom feriado e bom fim de semana! Beijos

O Sibarita disse...

Dona moça Paula, a maioria absoluta dos poemas são novos, viu? kkkk Este por exemplo foi feito hoje! Claro, tenho poemas nunca postados feitos ao longo deste ano e até do ano passado que vez por outra posto também, mas, sempre dou preferência ao que é feito quase ou no dia da postagem.

Valha-me Deus! kkkkkkkkkkkk

O Sibarita

Paula Barros disse...

Cada poema tem belezas, muitas. Alguns, nos encantam mais, na primeria leitura, na segunda, e em outras leituras.
Este me encantou logo de início. E esta frase mesmo nas releituras me chamou a atenção, e consigo imaginar.
"As tuas asas de anjo em mim toda avexada"
Quando leio, sorrio, deve dar uma agonia boa estas asas de anjo. kkk
beijo

LUZ disse...

Olá Siba,

Como vai?
Você está apaixonado, acho eu. Pela famíla, pelo mundo, pelo amor e pela doçura. O que é que você estava pensando?

Seu poema está, é tão leve que qualquer uma "se deita" a seus pés pra te ouvir declamar.

Beijos em bolinha de sabão? Não sei como é? É bom ou foi só seu "eu-lírico", falando?

Do primeiro ao último verso, seu poema é SENSUALÍSSIMO E CHEIO DE DESEJOS, QUE CONCRETIZOU.

Adorei a última estrofe. Na realidade, eu gostaria de ser santa, mas sou descendente pura e diireta de Eva.

Nós nos contatmos há relativamente pouco tempo, mas eu acho que seus poemas são muito atuais e revelam seus estados de alma, AGORA.
Não me dá prazer, quando escreve naquele linguarejar, que não entendo, embora com dicionário.

AGORA, VOCÊ ESTÁ ESCREVENDO MELHOR E COM MAIS SENSIBILIDADE E DESEJO, DO QUE ANTES.

Se o que acabo de dizer, não corresponder à verdade, é só botar discurso, por favor.

Beijo.

LUZ disse...

Eu, de novo!

Como a janelinha, pop-up não deixa ver o seu poema, enquanto o comentamos, tive de o voltar a ler pra referir o seguinte:

Eu acho que você não respira, você PIRA, isso sim, nos becos e vielas do corpo dela.

Nunca pensou em comentário de página inteira ou incorporado como eu tenho em meus blogs?
Apenas, sugestão, e falando entre amigos.

Beijo.

Bandys disse...

Siba,

Seus dedos pigam mel quando vc esta escrevendo.

Voce ta de quatro com o estepe arriado de tanto que ta amando, kkkkkk.

Tem gente até que ta na duvida das poesias, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


Ame mesmo. Amarr é bom é a essencia do descanso da alma

Beijos e uma semana cheia da paz

Moça disse...

Ahhh que lindo! que paixão hein?
Ternura apaixonada! Existe?
Adorei!
bjao e boa semana!
opinandoemtudo.blogspot.com

MINHA VIDA DE CAMPO disse...

Bela poesia o amos esta em todas as coisas e em todos os momento, belas comparação.
Tenha uma ótima semana.