terça-feira, outubro 08, 2013

QUERÊNCIA

Querência
 
Ó amores virtuais que residem no teu olhar,
Lá vai o amor e vem na procura da acolhida.
Onde, esperas o fogo, não sei se isso é amar,
Mas sei que em ti eu morro até que decidas...
 
Sempre ti escrevi versos românticos na sanha,
Brilho intensivo que te enerva, que te acende
E como fogo, é para incendiar-te as entranhas,
Lumaréu de vontades, arquejos ao teu ventre...
 
Apogeu, facho de querências, teu fruto aceso,
Bel-prazeres, fusão de corpos e almas! Amada,
O melhor do querer é que somos todo almejo,
Teu corpo, o meu: luz de nossas madrugadas...
 
Ao longe, o afloramento dos pensamentos, brilha.
Tu e eu. Eu e tu em conexões solitárias nos avexo,
Noites de algum deus devasso e que nos fervilha
Sei que é amor. Mas dizes: Será talvez (re)começo...
 
Ó coração incendiário! Fazei tudo à luz da paixão,
Soldo concreto e abstrato pelo queixume contigo.
No enreda e desenreda em que arritmias a razão,
Perde-se em alguma dor na busca de um abrigo...
 
O Sibarita
 
Ei, ligue-se na Humaitá Web Rádio, a boa!
 

14 comentários:

Kátia disse...

Ó coração incendiário vim aqui te ver!E pelo visto ainda serei a primeirona será,será?Esse menino que lindo seu poema,cada dia mais inspirado.Digo e repito que gosto muito de vir por estes lados,eu fico sempre bem.Um beijo e cheiro!

Olhos de mel disse...

Siba; diante de tanto querer, tanto desejo, quem poderia duvidar desse amor? Ele está expresso em cada palavra, brilha na paixão e transparece no teor da poesia, que por si só, se declara...
Muito linda, Siba! Beijos

Bandys disse...

Quanto querer! Você não esta fácil não Sr Siba. seu coração ta mais pra um furacão do que pra incendiário.


Andei meio adoentada por isso não fiquei tanto no pc.

beijos

Minha vida de campo disse...

Olá,
lindas palavras, querencia é onde fica meu coração e para nós gaúcho é nossa casa.
Bjos e tenha um ótimo fim de semana.

Evanir disse...

Quantas vezes buscamos em nossas amizades
uma palavra de carinho .
E quantas vezes tem me faltado
tempo para deixar o carinho que
gostaria de receber.
Hoje estou feliz por estar aqui
para acarinhar sua alma.
E dizer o quanto você
é importante para mim.
Estou deixando na postagem um mimo
do dias das crianças.
Não por achar que você ainda é
uma criança.
Mais sim a eterna criança que existe em cada um de nós.
Um feliz e abençoado final de semana.
Beijos ternos e carinhosos, Evanir.

ONG ALERTA disse...

Um coração a procura....
Abraço Lisette,

Enigmático Byjotan disse...

Um coração pulsante na intensidade da luz ou seria do amor? Na intensidade da luz e na medida do amor, agora sim!Abraço forte do amigo e leitor.:-BYJOTAN.

Kátia disse...

Omodeudocéu esse menino não vai escrever não é?Oxente!Bora lá postar um poema porreta aí pra gente.
Fiquei aqui um tempinho escutando a rádio humaitá,já virou vício viu esse menino?rs
E como está?Tudo bem?Eu estou boa viu?Boa?vixe!!!toda boa!!!kkkkkkkk
Vou abrir o gás senão vai começar a esculhambação kkkkkkkkkkkkkkkk
Beijo!!!
:-D

ॐ Shirley ॐ disse...

Que facho de querências, hein Sibarita? Mãinha sabe disso?rsrs Lindo poema, beijos!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu amigo

Um belo poema de amor e ao amor...Adorei como sempre.

Um beijinho
Sonhadora

Paula Barros disse...

Oi, obrigada pela atenção. Estou naquelas fases que ficamos distante um pouco do mundo virtual, e sem palavras para comentar os belos poemas, assim feitos os seus.
abraço

Vanuza Pantaleão disse...

Deixa-me abrir a velha mochila de viajante exausta na poeira da estrada
E dela retirar
O humilde presente
Que a ti ofereço
Meu doce anjo baiano:
Um abraço virtual
Mas cheinho de carinho...
Te adoro, Siba! Não te esqueças...
E que poema!!!

Desnuda disse...

Querido Siba,


Toda querência que por si já é significadamente linda, aflorada nos seus belos versos torna-se ainda mais. Este " facho de querências" alastra-se sobremaneira aos sentidos. Fogo e luz. Paixão fervilhando o amor....

Beijos no <3

Uma aprendiz disse...

Oi, Siba

Mediante tanta querência só me resta o silêncio.

Cuidado, com tantos amores assim, reais e virtuais, não há coração que aguente! kkkkkkkk

beijos