segunda-feira, outubro 29, 2007

PRELÚDIO

Prelúdio

Há de se exprimir esse derramamento de amor
Letras por letras, letras vivas que a boca não diz!
Eu sei que o mesmo coração que molha a pena
Expressa nos versos o desejo, o instinto da paixão...

Mas, o amor faz medo... A confissão espanca, arde,
Sangra impotente, dá nó e morre presa na garganta.
Enfolho então o grito abafado, o pensamento ferve
Vulcão sentimental, incandescente e lava reticente...

O coração traspassado na paixão fala e fala nos versos
Na mente, a ânsia do amor, escorre em retalhos de papel!
-Guardo, no entanto, nos meus olhos os desejos imersos...

Os debruns das palavras tornam-se um turbilhão
A flor, o canto, o olor e o céu de quem escreve!
-Diga ai coração com seis cordas de paixão...

O Sibarita
Caro leitor o Porta Curta dessa semana é uma animação imperdível.
Alma Carioca - Um Choro de Menino
Gênero Animação
A produção deste curta foi viabilizada com patrocínio Petrobras. História de um menino que vive na zona portuária do Rio de Janeiro da década de 20 e testemunha o surgimento do Choro, quando encontra os grandes mestres pioneiros desse estilo puramente carioca.
Boa diversão.

12 comentários:

carla granja disse...

lindos versos,linda guitarra e muita paixão.
te desejo uma boa semana
bjo
carla granja

Déa disse...

Eu e minha ignorância... O que são "debruns"? Para tudo e vou procurar um dicionário. "s.m. Fita, tira de pano que se cose dobrada sobre a orla de um tecido de modo a formar uma guarnição em relevo, ou a prender a trama." Aprendi mais esta. Beijos

Fátima disse...

Amigo sibarita,

Realmente a paixão é muito FORTE!
Excelente!

:-) Beijinhos

O Sentir dos sentidos disse...

Sibinha?

Ô seu menino...kkkkk,ki prelúdio bacana é esse heim fio? Estou aqui impressionada com esse coração de seis cordas viu?..kkkk porreta mesmo véio.
E qui negoço é esse de chamar meu "Concerto" de Sadoma e Gomorra? heim?...Mas voce tome atento home...kkkk...vô te jogar umas pragas viu? Lá vai:
"Cachorro há de te latir...urubu há de te comer...kkkkk...num foi eu ki disse...foi o Xangai viu bichin?"..kkkkkk.

Beijo meu queridinho...kkkk...ai meu deus do céu!!!!..kkkkk

Maria disse...

As cordas da paixão... só seis?
Então o coração resiste à paixão, claro.....

Mais um bonito soneto deste meu amigo, baiano de gema...

Beijo

Crítica e denúncia disse...

Olá Sibarita, venho dar-te um beijo e dizer que o S.O.S.Miséria foi inaugurado e também venho convidar-te a ser nosso colaborador. Visite o blogue e saiba como ser colaborador. Seria um prazer para os 44 blogueiros que inauguraram o trabalho.
Bjm
Alda

Olhos de mel disse...

Oie meu amigo! Conterrâneo lindo! Mas fiquei encantada com seu prelúdio! Como sempre vibrante, apaixonante, quente!
Que sua semana seja de realizações!
Beijos

Oliver Pickwick disse...

A linguagem rebuscada, rica, às vezes é uma armadilha para se falar do amor. Ora, pondo em fuga os corações mais singelos, os quais, têm restrições à razão; ora, simplesmente os oprimindo. Contudo, no seu Prelúdio você foi hábil o suficiente para driblar este ardil, estabelecendo que razão pode muito bem rimar com coração.
Saudações reguianas! (mas, de preferência, reggae daquela ilha que foi dominada pelos ingleses...etc...etc)

Oliver Pickwick disse...

... ou de Edson Gomes, é claro!

Adriana disse...

Tu é um apaixonado mesmo né, muito bonito isso
Bjss

o pao ficou delicioso

Ana Luar disse...

O que me deixa a mim de garganta apertada é a facilidade com que vou do céu ao inferno, nas palavras que leio de ti.

Beijo eterno em carinho...

Leticia Gabian disse...

Cumpadi,
Imagina o estrago que pode fazer um violão de doze cordas!?

Beijão