segunda-feira, maio 14, 2012

BRENHA


Brenha
 
Um sol retado, suspenso, pirigueto, irado e arisco,
Nu e em rondas nos céus sem véus do meu sonhar
Acende o horizonte, todos os desejos jorrados, atiço
O frescor das aragens nas seduções do teu olhar...

Digo-te desta longínqua brisa soprando no teu leito
Qual cândida flor em flor enflorando o mar de rosas.
Em tuas faces as rosadas auroras dum céu benfazejo,
Réstia de luz no teu corpo, vontades sempre viçosas...
 
Discreta formosa, andas nas aspirações e nos suspiros,
Germinando as lembranças, padeço dos pensamentos,
Onde, habitas nas constâncias e te faço o meu alento...

Para gozar-te os céus completos, auge dos orgasmos,
Ouro da bonança em entregas, libido das intimidades,
Brenha e volúpia, relíquias guardadas a sete chaves...

O Sibarita

9 comentários:

Sherazade disse...

Que lindo soneto, Siba! A paixão, encantos e desejos permeiam, sutilmente, em cada verso...
Amei, Siba!
Boa semana! Beijos

Olhos de mel disse...

Querido Siba; uma delícia! Suspiros e aspirações, trazendo o encanto, a paixão e a magia a esse lindo soneto!...
Boa semana! Beijos

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Gostei da designação que lhe deste, principalmente esta parte: "Para gozar-te os céus completos, auge dos orgasmos,
Ouro da bonança em entregas, libido das intimidades,
Brenha e volúpia, relíquias guardadas a sete chaves..."

Bandys disse...

Siba,
Nossa que lindo!

Beijos

PS: Fora as os bebes que de períodos em períodos eu vou ficar com eles do Solar menino de luz, se quiser procura ai no google;
Não sou fraca não.

Desnuda disse...

Querido Sibarita,

Mas..Mas quanta beleza nesses versos de paixão!!! O poeta desperta orgasmos poéticos nessas bem traçadas linhas entrelaçadas com o coração.

Beijos com carinho querido Poeta

*Esta rádio humaitá é o que há! Tudibom!!!

Paula Barros disse...

Lindo, lindo....
E mais ainda esta frase:
O frescor das aragens nas seduções do teu olhar...
beijo

Anônimo disse...

Sibarita!!!!
Nossa, o frescor das suas paixões.
Amei a imagem e o soneto...
Somos todos peregrinos,cada um encontra na vida exatamente o que traz dentro de sí.
Esse soneto é prova viva dos desejos da sua alma.
O que mais preciosos ten em seu interior.
As paixões, o amor, a volúpia, enfm traduzido num grande e verdadeiro amor as letras.
Só um poeta muito inspirado pra escrever assim..
Beijinhos de muita paz e luz em sua vida.
Regina coeli

Uma aprendiz disse...

Lindo, Siba. Parabéns!

És um observador, detalhista e minuncioso. Suas comparações são deliciosas.

De tudo, deixo um resumo encantador: "... nas seduções do teu olhar...vontades sempre viçosas... te faço o meu alento... reliquias guardadas a sete chaves..."

beijos

Kátia disse...

Eta que senti a quentura baiana aqui hein!affffeeee...em breve tou aí esse menino.Quero ver se vai dar pra comer uma moqueca lá em casa dessa vez.rsrsrs