segunda-feira, junho 18, 2007

AMORAS

Amoras

Não faço poemas por nada.
Faço-os por ti, por sonhos,
amoras de mel...
A um passo de mim,
teus olhos invisíveis
espiam minha alma!
Tenho algo de querubim,
ouvirás vozes dos anjos.
Tenho algo de sedução,
ouvirás o pulsar das luas.
Do teu olhar vejo o anil do céu
e da luz do luar te pinto de estrelas...
O doce jogo, o sagrado,
o que importa?
Até que o coração, enfim,
brote do fermento do tempo
e volte a remirar o sol perdidamente...

Aceitarás o amor lá dentro?
Ou guardarás a liberdade
como anteparo?
O Sibarita

Agradeço a Letícia Gabian (Minha Cumadi), a Jô Beckman e Lari Nakao por ter agraciado o nosso blog com o prêmio Blog com Tomate e Destaque Cupido Fonte do Amor, embora, saibamos que tem tantos outros merecedores.

Deixo de nomear outros cinco blogues porque estes já foram agraciados.


14 comentários:

Maria disse...

Oi Sibarita

Costumo ler-te no Som&Tom, e de vez em quando venho até aqui.
Porque mantém o Tá Rebocado nos links? é que eu dantes lia os dois, e sabia ser só um....

Gosto das amoras.

E ela aceitrará o amor lá dentro, sim!

Um beijo ao cumpadi da minha Amiga

Leticia Gabian disse...

Cumpadi,
Gostei de ver a Cumadi Maria por aqui.
Sabe que nunca provei uma amora? Que pecado, né?
Mas as suas amoras estão lindas e dão um enorme prazer de ler.

Quero saber o que anda acontecendo por aqui. Depois me conta direitinho, tá?

Mila disse...

Adão e Eva andaram ás voltas com uma maça, por aqui são as amoras ...;)
Ai é AMORa...

nice disse...

Olá! Gostei da visita e dos poemas!

Cris disse...

Oiiii!!!

Adorei a visitinha e o comentário...Volte sempre, viu???
Vc tb é muito bacana!!

Beijos,

Cris

poesiadaspiramides disse...

O amor ,é amor não há palavras para defenir, ele anda solto em tudo o que o universo nos acatinha
**

Entre linhas... disse...

Post cheio de arma a amoras silvestres,com paladar um pouco exótico e primaveril
Bjs Zita

Saramar disse...

OLá, Sibarita.
Seus poemas andam cada vez mais bonitos
"amoras de mel" é uma imagem muito bonita e deliciosa.

beijos

Lari Nakao disse...

Ô menino. De onde vem tanto amor pra escrever. Passa um pouco de inspiração para mim!

Sonia disse...

Não creio que o poeta faça poemas por nada. O prêmio que busca é ELA, a amada.

Sonia disse...

Não creio que o poeta faça poemas por nada. O prêmio que busca é ELA, a amada.

cris disse...

...amoras de mel...adorei isso! até meu coração fica mais leve, Deus abençoe esse seu coração, pra continuar escrevendo assim...

pois é amigo, eu tb fui indicada sabe, mas não consigo escolher apenas 5 amigos pra indicar...então não indiquei ninguem...mas o seu seria com certeza, afinal, merece um prêmio só por me fazer entender poesia!

O EMAIL?????
Mandei duas vezes ontem, vou mandar pela globo.com ok? mas confirma o recebimento...acho que tá rolando um certo boicote, só não sei se é com a minha ou a sua pessoa...kkkkkkk....

Um beijão!!!

Alice disse...

Olá, Sibarita...
Obrigada pela tua visita e pelas tuas palavras...
Gostei muito do pedacinho de tempo que passei aqui...
Vou voltar com mais tempo se estiver bem para ti...

Bjs.

Bruxinhachellot disse...

Adoro amoras e esse seu poema tem um gostinho especial.

Beijos risonhos.