segunda-feira, junho 11, 2007

SOLILÓQUIO DE LUA

Solilóquio de Lua

Ai meu Deus! Essa lua de botequim
Bêbada, trêmula, zarolha e de ressaca
No céu anil que me olhando tão assim
Penetra no meu peito como uma faca.

Uma faca azulada, sem lâmina e sem cabo
Reverberando na noite sem um luzir se quer!
No ermo presa em si mesmo no menoscabo.
-Valha-me Deus! Arma branca, malmequer...

Arisca: rastro ágil cortante de dois gumes
E na retina dos meus olhos a rota de fuga
Por estrelas escritas nesse luar sem rumo...

Solilóquio de lua esguia em soneto de tântalo
No metal de arma branca, brilhando, cortando
Fundo o imo do coração nesse lodo de pântano...

O Sibarita

10 comentários:

Leticia Gabian disse...

Cumpadi,
Venho em defesa da lua. Faz assim com a lua, não.
Hoje é dia dos namorados, ela pode se aborrecer e se recusar a aparecer. Que será dos enamorados sem o seu lume encantador?
Vai, vai lá e pede desculpa. Vai, que eu fico daqui espiando, vai!

Menina do Rio disse...

Será que a lua nestes tempos agitados ainda é dos namorados???

beijinhos

Juℓi Ribeiro disse...

Lindo!
Texto criativo,
repleto de sensibilidade.

A lua mandou dizer
que manda um beijo
para você...
E que ela não estava bêbada
mas apaixonada!
(Brincadeira)
Mas se eu fosse a lua...
Um abraço.*Juli*

irene disse...

"E na retina dos meus olhos a rota de fuga
Por estrelas escritas nesse luar sem rumo..."

Lindo... Lindo... Belo!
Essas duas linhas me encantaram, me senti luar...

Beijos, fica bem.

Mila disse...

Estas conversas com o nosso interior...

Jô Beckman disse...

adorei o poema da lua, faz tempo que não via ninguém usar essa palavra: zarolha! hahahaha Por aqui o povo não usa...
ô menino, vc sumiu foi?
beijos

Rosario Andrade disse...

Bom dia Sibarita!
...porque o admiro tanto, atrevo-me a deixar um desafio: estou a pintar um quadro sobre as tres parcas. Gostaria de escrever um dos seus fabulosos poemas para a companhar o quadro? (compreendo se nao puder faze-lo, que bem sei que a inspiraçao poetica é caprichosa) Adorava saber quais seriam as suas palavras sobre elas.

Pode encontrar alguma informacao aqui:
http://lunaeamigos.com.br/mitologia/moiras.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Parca

http://www.theoi.com/Daimon/Moirai.html

Bjicos!

Sonia disse...

Vim conhecer o "À flor da pele" que você recomendou lá no blog da Irene e, de quebra, li o Solilóquio de Lua. Gostei muito de Ai meu Deus! Essa lua de botequim
Bêbada, trêmula, zarolha e de ressaca
No céu anil
.

Sonia disse...

Adendo: Acho o Solar do Unhão um dos locais mais lindos de Salvador. Ainda existe aquele restaurante maravilhoso?

Rosario Andrade disse...

Ola!
...se puder, dentro de uma semana. Se não, não há problema, eu espero até estar pronto (que bem sei que nao se pode apressar as musas!).
Também posso enviar uma foto do trabalho (incompleto mas já da para ver como vai ficar o resultado final).
Mal posso esperar pelas suas palavras!

Bjicos