sexta-feira, junho 01, 2007

VOCÊ NÃO VÊ...

Você não vê

Você não vê
Ao seu lado
O fogo que arde,
Instiga a razão
Do amor
Que invade.
Você não vê
A primavera
Em flores,
Um mar delas
Exalando o perfume
Das roseiras.
Você não vê
O sol fecundo
De brilho cálido
Refletindo no espelho
Da sua Penteadeira.
Você não vê
O pincel
Em tintas finas
Pintando o painel
Do seu rosto
Qual estrela
Peregrina de pinel.
Você não vê
O grito da lua
Na doce paixão
Afogando em luz
O anoitecer
Do seu coração.
Você não vê
Da sua dança solitária
E no chão sem pista
Que o marasmo
Mora na ladeira
Da preguiça.
Você não vê
Da sua rede
O amor
Morrendo
De sede.
Você não vê!

Somente vê
O seu tudo a ver
No domingão
Do Faustão
Da sua TV.

O Sibarita

11 comentários:

cris disse...

Oi amigo, belo texto, mais um pra entrar pra série das coisas que gostaria de ouvir dele!

Bom finde pra vc, com muito sol (claro!!!) e água fresca (de coco, se possível, e se puder, tome uma por mim!!).

Um beijão!

Leticia Gabian disse...

Cumpadi!
Domingão do Faustão? Ninguém merece!
Prefiro subir e descer, dez vezes, a Ladeira da Preguiça!

Beijão, querido

Mila disse...

Há por ai muitos viciados em tv.Há !Há! Tv e outras coisas , nem se dão conta da vida a correr ali mesmo ao lado.

Saramar disse...

Olá Sibarita.
Triste de quem tanto tem e nada vê.
Você, como sempre, arrasa!

beijos

Mel disse...

É verdade... Preciso abrir os olhos!
Um bom fim de semana pra ti!
Bjo

luna e neptuno disse...

Tanta coisa que não se vê, mesmo de olhos bem abertos, pois pendamos estar acordados mas andamos adormecidos.
xi

keila, a Loba disse...

Esse post me faz lembrar Pablo Neruda, "Morre quem não lê, quem não viaja, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo"; aí eu acrescentaria, "quem assiste televisão e se deixa dominar pelo Faustão".

Eu ainda não recebi nadica de nada do Jaques Wagner, e estou temerosa. Esses dias tenho feito mil contatos, estou com o tempo louquíssimo, mas preciso entrar em contato com pessoas daqui para acionar Salvador. Continuo precisando de ajuda, Sibarita, e a sua é sempre muito oportuna e bem vinda.


BeijUivoooooooooooossssss da Loba

Mandy disse...

As imagens da televisão têm uma espressão mais precisa, rs... Brinca não! Perceber o que um homem quer é algo delicadíssimo, e até tormentoso, para mim! Sabe, esse poema me lembrou uma música do Depeche Mode, uma de minhas bandas favoritas...

Grande saga, a sua! Depois dessa, vou me juntar ativamente ao Movimento Estudantil! rsrsrs...

Beijos!

Menina do Rio disse...

Será que andamos meio de olhos vendados??? ou seria, vendidos????
Que nos impede de ver o que há pra se ver...

beijinhos

Azul disse...

Olá!

É... a televisão faz algumas pessoas perderem a oportunidade de ver com olhos de ver e sentir o que de bom a vida tem...

Beijo
Azul

Irene Pinheiro disse...

E para o que não vê... Como mostrar?

Beijos, fica bem.