quarta-feira, junho 27, 2007

SOLITUDE

Solitude
E tudo, agora, exulta. A primavera e a flor...
O coração absorve funde tudo num só afago.
Ah, esse querer, porque nascestes e és amor!
Fluindo em chamas como aspiração do âmago...

Quero saciar minha sede, mande-me, noticias!
E diga-me: Em qual coração anda o teu coração
Ou envio o meu coração ao Santuário de Fátima
E dessa velada angústia espero a tua revelação?

No entanto, estou no silêncio, ouço apenas o meu eu!
É que sonho encontrar-te em plena solitude, o amar...
Mar azul, desejos, toques e essa luz peregrina da paixão
Que se acende em um canto qualquer canto do meu olhar!

Em mim, tudo cintila... O amor, a paixão! E sem medos
Tombarei imerso nas íris dos teus olhos de luas acesas
E... Guardarei o meu coração por entre os teus dedos
Para que rasgues o medo e, cristalina, o amor te veja...

Lúcida, sem manto, perpetuando o róseoazul da paixão
Em que minha alma ardente há de sentir-te... Embora,
Nesses versos pulse o chamamento... O meu coração
Não finge a dor, nem o sonho... A solidão sopra lá fora!

O Sibarita
Midi: Aranjuez Mon Amour/Julio em Concerto

8 comentários:

Mandy disse...

Primeira? Ouxe!!!

É bom ficar só... Sentir o mundo só e ter todos sem, ao mesmo tempo, ter ninguém...



Ter abandonos. Adoro isso!
Beijos!

Cris Teles disse...

Puxa!! Que texto lindo!!!!
Qta inspira�o....

Mas aqui, mudando de assunto...meu S�o jo�o vai ser agora dia 30...t� esperando ansiosa..depois te conto!!!

Beij�o

Mila disse...

Que sentimental! coninua assim , vivendo todos os momentos com intensidade ***

M@ri@ disse...

Entrar aqui e sentir esta intensidade...
Deixa me sem palavras ...
só posso dizer que é divino ...
Beijo doce

Leticia Gabian disse...

Aranjuez....Ô coisa linda, meu Deus! E o meu violonista toca isso que é uma beleza!

"...Embora,
Nesses versos pulse o chamamento... O meu coração
Não finge a dor, nem o sonho... A solidão sopra lá fora!". Que lindo, cumpadi! Ai, sei bem o que é ter um coração que não finge a dor nem o sonho, por causa de tanta saudade. Gostei imenso!

Beijão

Bruxinhachellot disse...

Fiquei sem fôlego, meio que me afoguei à medida que ia lendo cada estrofe.

Beijos de fada.

Bruxinhachellot disse...

Estou te indicando como uma das sete maravilhas do mundo bloggeiro. Caso ainda não tenha recebido tal indicação, o Caminho dos Contos o faz agora.

Beijos de fada.

O Sentir dos sentidos disse...

Meu amigo Siba...

Nossa!!!!
Quanta beleza é esta?
Onde estavas que não havia ainda te encontrado?
Estou aqui...tentando destacar um trecho para evidenciar e beleza, o encanto, a doçura da paixão deste poema...mas não encontro nada, nada, pois teria que escrever todo o poema...pois tudo é mágico, é belo, é Sibarita.......

Meu senhor?
Que coisa mais LINDA!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beijo meu querido,