segunda-feira, abril 28, 2008

DEUSA

Deusa

Retorno a mim, hoje, agora.
Vou me ser, outra vez,
nesse último sol
que se apaga lá fora
no cinza poente do teu olhar
o teu oceano de navegação
em qualquer mar morto
que afogue meu coração.
E contigo todas as sereias
dos oceanos e dos céus,
todas as ondas, os ventos e os arrecifes
todas as musas e as deusas sem véus
Febe, Calíope, Briseida e Afrodite.
Não direi das ondas fortes
em cascos de veleiros...
Ah, sobre os teus seios
de deusa também um deuse
em cardumes de desejos.
Ai! Todas essas fêmeas,
todas essas musas, bendigo!
Oh deusa, eu vou à volúpia
de uma noite contigo.
O azul e a noite, a lua e tu,
as deusas e as sereias.
Comigo o mar de ti
num leito de rosas
em lençóis de jasmim
ao ritmo do teu corpo
entre a cintura e o teu quadril
mais a manta de aromas
do meu corpo viril
em monte de pétalas desfeito...
A cada arco das tuas curvas
moldaremos à forma o meu corpo.
Tua pele aprenderá da minha
o aroma e maciez e desejos.
Em cada palmo da tua pele estou
em cada poro do meu corpo estás.
Aprenderás, ainda, que a noite
dos que dormem a aurora acordam
sobre os seios das deusas...
Vem dormir comigo e contigo
todas as deusas e sereias
todas as ninfas e musas.

Ai deusa, este poema
é como um punhal
pelo punho brota flores...
E quem quiser ver-me
que me procure nos teus olhos.

Valha-me Deus! Oh, deusa
cravei o tritão de Poseidon na lua
e as velas de tua nau serão escassas
para enxugar-te as lágrimas...

E nunca mais:
a melodia de um reggae
dos hinos do Bob Marley
aos teus ouvidos cegos...

O Sibarita

20 comentários:

Pena disse...

Estimado e Talentoso Amigo:
Um poema doce e terno a uma Deusa feita corpo feminino ansiado e desejado de forma sublime e linda.
As palavras e as imagens que ciam fascinam. Encantam. Parecem ter vida própria que só os Deuses e as Deusas entendem.
Brilhante, amigo.
Adorei! Excelente versejar muito belo.
Parabéns sinceros.

Abraço forte de amizade e estima.
Com respeito pelo talento que é e que constato na talentosa e maravilhosa poesia que concebeu.
Simplesmente, genial.
Sempre a considerá-lo

pena

Bandys disse...

Quem dera fosse eu essa deusa!

E só seu abraço me alcança.
Só seu apoio me encontra.
Me leva até tudo, me traz de mansinho. Me olha quieto, me cobre com bocas, que nem sei bem de
onde tem...Conhece caminhos meus, onde só o seu corpo é exato.
Quando me encontra, quando me leva contigo, me deixa esquecida em seus olhos..embora refletidos nos meus.

Moço, desde ontem penso nas tuas palavras, e como foi bom ouvi-las. KKK, Vou me dar um chance e não desistir por enquanto,fingir que meus ouvidos são cegos.
Obrigado.
Beijos

Déa disse...

Siiiiiiiiiiiiiiiba!!!! Eita que esse blog logo,logo vai ficar proibido para menores de 18! KKKKKKK
Abalou!!!
Beijos! E sempre que quiser conversar ME GRITA!!!! KKKKKKKKKKKKKK

Dih. disse...

Siii!
Passa no meu blog que tem uma coisinha sua lah!
:)
e fascinante o poema!
Parabéééns de novo..
estou me cansando de tanto lhe dar parabéns..rsrsrs.
Beijão Amigo!

Bandys disse...

Eita que tô virando assídua aqui.
Mas procurei seu email e num vi nadinha não. Então vai aqui mesmo.
Sobre o poeta, você tem toda razão. Alias ja tinha lhe dito isso. Agora sobre meus ouvidos cegos e as curvas...KKKKKKK,eu não pago pra vê, eu vejo, porque tu me mostra. Eu leio o que tu escreve e foi assim que tu disse:
E quem quiser ver-me
que me procure nos teus olhos.

São meus olhos.KKKKKK
Beijos menino, abra os oios!!RSSS
♥♥

Maria disse...

Meu deus! Se eu já tinha problema em levar uma tuga, agora se eu mostrar este poema elas vão fugir, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Tem de colocar bolinha vermelha no canto superior direito, tem sim....

beijos

Bia disse...

Ternura e sensualidade mesclando versos onde o convite ao amor se faz no lamento, no suspiro, no desejo, e naquela doce entrega onde a fusão dos corpos toma a mesma dimensão do encontro das almas.

Sem nenhuma dúvida, amigo, um dos belos poemas que a tua inspiração veio nos presentear.

Sorrisos, pétalas e beijos, na noite do teu sonhar.

Marta Ribeiro disse...

Olá,
Depois de ler este texto maravilhoso, só espero que essa Deusa seja bem real...em corpo de mulher...deusa...


beijinho

Anônimo disse...

olá meu neguinho.
essa sua deusa hem!.
está linda,tudo que vc escreve tem um dom divino.
deus te ilumina sempre.
vc. é lindo e puro de coração, vc. merece ser feliz.
tudo que escreves, tem a maõ da paixão e sensualidade.
éstou inclusa nessa deusa?.
caô caô, vc. não está de brincdeira.

por isso que eu o amo.
beijos lindo e parabéns.

deusaodoya.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá meu querido Amigo Sibarita... Que vendaval de emoções!!!
Sensualidade que baste, Espero que encontres esta Deusa na tua vida!
Quem sabe!
Um dia ao virar de uma esquina, dás de caras com ela... seria bom não achas ?
Beijinhos e bom soninho,
Fernandinha

Auréola Branca disse...

Mergulho no mar de possibilidades de encantamento. Belíssimo poema!

Auréola Branca disse...

Caro amigo...
Gostaria que aceitasse um presente que vos ofereço lá no meu blog.
Abraços.

Lucia disse...

Seu moço:
Eu já sou meio atrapalhadinha e qdo chego aqui me deparo com essa poesia... Affe!! é de trançar as pernas..rs
Vc esteve lá no meu blog e eu, entre outras coisas, consegui perder seu comentário. Tudo bem, fico feliz pq pelo menos o blog ainda está lá, consegui não extravia-lo..rs. Obrigada pela visita, obrigada pelo comentário.
Volte sempre.
Beijão

Sandra Fonseca disse...

Feliz a musa que se faz aqui de sereia, deusa, ninfa...
lindo!
Beijo,
Sandra.

Deusa Odoya disse...

oi meu lindo, sei que hoje é um dia muito especial para tí.suamãe, mesmo no céu, cercada de anjos, continua te iluminando aqui na terra. seriam 83 anos.
mas deus precisava de uma alma doce e pura.
de lá ela está feliz, com esse filho, que sempre com sua simplicidade e luz própria, continuou seu trabalho aqui na terra.
ser humano e sempre procurar ajudar o próximo.
me orgulho de ter vc. como meu neguinho.
e quanto ao seu aniversário, pena, não poder estar aí nesse lugar lindo que é Jauá. com vc.
mas isso é para mais tarde.
beijos e mil felicidades.

saudações á seu pai.
beijos millllll amore mio.

Deusa Odoya disse...

oi meu lindo, sei que hoje é um dia muito especial para tí.suamãe, mesmo no céu, cercada de anjos, continua te iluminando aqui na terra. seriam 83 anos.
mas deus precisava de uma alma doce e pura.
de lá ela está feliz, com esse filho, que sempre com sua simplicidade e luz própria, continuou seu trabalho aqui na terra.
ser humano e sempre procurar ajudar o próximo.
me orgulho de ter vc. como meu neguinho.
e quanto ao seu aniversário, pena, não poder estar aí nesse lugar lindo que é Jauá. com vc.
mas isso é para mais tarde.
beijos e mil felicidades.

saudações á seu pai.
beijos millllll amore mio.

Olhos de Mel disse...

Nossa, meu amigo! Eita que amor, viu? Lindo como tudo que você escreve. Mas essa, viu? Pegou pesado, quente como o pecado, doce como o mel, apimentado...
Beijos

Pati disse...

Menino...obrigada pela força e pelo alento...Não encontrei teu email..ía agradecer lá.

Teu poema?forte,apaixonado...quem dera todos os homens sentissem assim,seja por uma deusa real ou sejam fagulhas de paixão perdidas no tempo e na memória...vc sabe eternizá-las.Beijos.

Bia disse...

Não encontrando novos versos para encantar a alma, estou deixando sorrisos, pétalas e beijos, para enfeitar a tua noite e dizer do meu desejo de uma semana linda, inundada de alegria, de música, de risos e muita paz... e um tiquinho de trabalho também, que não faz mal a ninguém (rs). Um beijo no coração!

Oliver Pickwick disse...

Um poema dos deuses. Digno de declamação em qualquer lugar da acrópole de Atenas. E, no Século de Péricles, o mais brilhante de todos.
Um abraço!