sexta-feira, maio 23, 2008

OS SEIXOS

Os Seixos

Bailado de seixos
Cardumes de espumas
Corpos de algas
(cristais e brumas)

Areias e corais
águas paradas.
Sereia escarlate
(lanterna encarnada)

A concha mais bela
(quem sabe qual?)
A onda que falta
Eu dissolvo o sal...

Em verdade, em verdade
Eu vos digo destas palavras
Que as noites são saudades
Daquelas luas arrebatadas...

(Fragmentos de rochas,
pedras soltas,
seios em tochas.)

O Sibarita

17 comentários:

paula barros disse...

Fio, a imagem tá linda. Fiquei ali deitada vendo o bailado dos seixos,água morna do nosso Nordeste e todo esse bailado que você descreve.
Suas palavras bailaram no meu pensamento.
Fio, estou deitada nas tuas águas, mas não tenho nada de sereia, viu fio.
E a saudade, eita bichinha metida, tá em todas.
A melhor saudade que tenho sentido é de tu fio, adoro tuas visitas.
E a lua, viu ontem?
Agora quando vejo a lua tem tu para eu pensar também, só que eu imagino fio numa boa, deitado numa rede kkkkkkkk

beijinhos

Déa disse...

Isso é amor!!!!! Se cuida, Siiiiiiiiiiiiiiiiba!!!! Beijos

Bandys disse...

Eita homem de varios amores...
cobertos por cores...
cheio de esplendores...

beijos

Maria disse...

Até nos seixos, Sibarita?
Vou dizer à tuga que se cuide, viu?

Beijo

Lucia disse...

Valha-me Deus, moço!!!!!!!!!!!
Tá lindo demais...
Beijão

biazinha disse...

Bailei...tenho que conhecer!
Eita homem porreta!

Bjuxxx.

^^

Deusa Odoya disse...

além da imagem nos convidar a sonhar, sonhar, por entre mares .
seu poema é de um apaixonado e sonhador.
que bom , as vezes precisamos amar, e nos dar a alguem.
viuuuuuuuuu, seu sibarita.
aproveita esse mar lindo e leva sua deusa, a contemplar.
viuuuuuuuuuuuuu, seu neguinho.


Beijos saudosos.
amore mio.
Regina Coeli.

.

cõllybry disse...

Belos estes fragmentos de mar e praia...

Bjca doce

Olhos de mel disse...

Oie lindinho, vim lhe desejar um bom domingo e aproveitei pra reler seu belo poema!
Beijos

Pena disse...

Estimado Amigo:
"Em verdade, em verdade
Eu vos digo destas palavras
Que as noites são saudades
Daquelas luas arrebatadas.
(Fragmento de rochas,
pedras soltas,
seixos em rochas)"- Admirável! Lindo!!!!!!!!!!!Brilhante. Muito brilhante!
Revela uma capacidade poética sublime de expressão literária incomum bela.
Parabéns . Adorei!
Eu não seria capaz de conceber tamanha beleza.

Abraço amigo que o respeita imenso
Com enorme consideração significativa pelo que tão bem traduz em versos majestosos de encanto

O AMIGO

pena

paula barros disse...

Você é ótimo, estava chorando por causa de uma citação que fizeram num blog, usando um comentário meu. Agora você me deixou sorrindo.

E quer pegar a mão é fiu?

E eu que me deitei no teu mar, fiquei metida entre teus seixos, tomando banho de espuma. Me sentido a toda poderosa, a deusa dos seixos. rsrsrsr

Fiu, vamos dar uma caminhada na praia de mãos dadas, molhar os pés na água? Me aguarda. rsrsrs

São disse...

Fio, o ritmo é forte!
A foto faz saudades de Fortaleza.
Bem haja, João!

Se aceitar, tem uma rosa à espera de a ir buscar!

Luíza disse...

Ainda vivo e passei por aqui!
Beijos

paula barros disse...

Fio, eu aqui de novo.
Os seixos coitados estão cansados do bailado.
Com frio.
Já criaram lodo.
Vamos lá?
Eu sempre venho cá
beijos

Flávia disse...

Me senti deitada nessas águas, quase uma peça nesse bailado de seixos, e águas, e cores, e sentidos...

Se fechar os olhos me transporto para tudo isso...

Beijo, moço :))

cõllybry disse...

Eu reli a beleza poetica...

Beijito

Oliver Pickwick disse...

Há muito os seixos mereciam uma poesia. E, como se diz, quem espera sempre alcança. Contudo, desconfio que não esperavam versos desta qualidade, numa linguagem que esbanja modernidade.
Um abraço!