sábado, setembro 16, 2006

DEDICATÓRIA





Dedicatória

Lembrar-te-ei, resguardarei os meus passos
Na suavidade das fotografias que te modula
A frequência dos vestígios, assim, me refaço
Em carne rubra de desejos que o amor regula...

Decifras, então, as noites que nos rodeiam
Tu por ai, o amanhecer, rumina ventanias,
E por teu gosto me queres preso à tua teia,
Fios cândidos, tênue das horas em agonias...

Dar-te-ei uma flor e roubar-te-ei um beijo,
Tudo se diz no infinito. Entrego-me e ouço
O sussurro do anoitecer que nos cobre, vejo
Do teu olhar a melhor parte do meu corpo...

Diz-me então, se há regras, se o fogo avança
Ou se é para o teu olhar que estou correndo?
Dos olhos em que busco o amor o sol estanca
Em Jauá! Dirás que de amor estou morrendo...

Pasmo sobre a vontade do pensar e nos anis
Desse manto no coma do azul céu/lua, tateio!
Então, entrego em luz o que a boca não te diz
A chama desses versos apontados ao teu seio...

Entretanto, dos teus olhos de primavera acesa
Colho os brancos lírios, encontro cobiça e fuga.
Oh delicada estrela não sei se a paixão é avessa
Ou se ébrio de paixão o destino faz o caminho...

O Sibarita

7 comentários:

Freyja disse...

muchas gracias por tus saludos, tienes un bello espacio lleno de sentimientos y versos
un abrazo muy grande y que sea un lindo fin de semana, besitos


besos y sueños

Teresa Durães disse...

uma coisa simples mas que muitos não questionam ou não pensam ser importante: o motivo pelo qual se levantam todos os dias da cama.

Boa noite!

Leticia Gabian disse...

Que lindo, poeta!
Cada vez que entro aqui, sou banhada pela poesia.
Um beijo pra ti.

Menina do Rio disse...

Oi Siba!
Teu poema é lindo. Estes dias eu ando meio sem ter o que dizer, mas vim deixar meu beijo

Tem um ótimo domingo

happiness...moreorless disse...

nem sei o que comentar de palavras assim, tens mesmo um dom...
bebo insaciavelmente as palavras que desenham esta poesia..

um beijinho

Luna disse...

Há alturas que sinto que se disser algo estrago o momento, simplesmente lindo
beijos

Bel disse...

cada cicatriz conta uma historia.
jinhos
boa semana